Menu
Busca terça, 27 de julho de 2021

Professora é citada erroneamente em polêmica de carta anônima

Professora é citada erroneamente em polêmica de carta anônima

28 outubro 2011 - 15h00
Mercosulnews

Na matéria intitulada ‘Carta anônima denuncia diretor de escola no Assentamento Itamarati’, veiculada na última terça-feira (25) no Jornal da Praça e no site Mercosul News, tratando sobre a carta apócrifa (sem autoria), distribuída no assentamento no último dia 20, a professora Alexandra Leonardo Bezerra teve seu nome citado indevidamente pelo repórter que fez a entrevista com o diretor da escola, José Carlos de Brito.

A título de correção e para resguardar a imagem da educadora, o JP e o MN fazem o esclarecimento, sem prejuízo para o restante do conteúdo dos documentos e declarações prestadas a respeito do assunto. Entre os nomes citados na matéria, constava o da professora Alexandra Leonardo Bezerra. Na verdade, segundo o repórter, o correto é Alessandra Vargas Bezerra.

O que causou o equívoco foi o fato de as duas professoras terem nomes semelhantes e darem aulas no mesmo estabelecimento de ensino, a Escola Estadual Nova Itamarati. Em contato ontem com o JP, a professora Alexandra Leonardo Bezerra informou que ficou surpresa com a divulgação de seu nome na matéria, já que afirma não ter se envolvido diretamente na eleição e não ter atividade política no assentamento.

DENÚNCIAS

Na tarde de quarta-feira (26), o diretor da Escola Nova Itamarati, José Carlos de Brito, esteve no jornal acompanhado de sua adjunta, Sandra Gomes da Silva, para explicar que todas as denúncias existentes na carta anônima distribuída no assentamento não procedem e que acredita que se trate de um ataque gratuito do grupo que perdeu as eleições para direção da escola.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Monitoramento realizado pelo Imasul aponta boa qualidade das águas subterrâneas de MS
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda de 0,71%, abaixo de R$ 5,20
SAÚDE
Saúde recomenda Pfizer a gestantes que tomaram 1ª dose da AstraZeneca
PONTA PORÃ
Polícia Militar apreende caminhão por adulteração de sinal identificador de veículo