Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
Ponta Porã

Quadrilha é presa por tráfico de drogas em Ponta Porã

02 fevereiro 2015 - 09h15
Eduarda Rosa

Por volta das 10h deste sábado (31) uma quadrilha composta por sete pessoas, sendo cinco homens (32 anos, 21 anos, 18 anos, 42 anos e 35 anos) e duas (18 e 22 anos) foram presos por tráfico de drogas pelo Departamento de Operações de Fronteiras (DOF), na MS 164 em Ponta Porã, próximo ao trevo de Antônio João.

Durante Patrulhamento pela Rodovia 164, os policiais se depararam com um caminhão guincho pertencente uma empresa localizada na cidade de Ponta Porã, onde estava estacionado no acostamento. Constatou-se que na carroceria havia um veículo marca VW tipo Voyage, cor prata, placa EIY 6683-São José do Rio Preto-SP, e foi realizada a abordagem para verificação dos documentos na presença do condutor do Voyage, residente no Assentamento Itamaraty. Este foi entrevistado e demonstrou nervosismo dando respostas inconsistentes com as perguntas o que levou a realização de uma vistoria minuciosa no veículo.

Foi localizado instalado no painel, um rádio transceptor de origem clandestina, bem como em seu aparelho celular havia fotos do condutor junto com outra pessoa dentro de um carro trafegando por uma estrada de chão à noite podendo constatar que estava chovendo. O motorista foi indagado, pois além das fotos o veículo Voyage estava bem sujo dando a impressão que era o carro utilizado na noite da chuva.

O condutor inicialmente alegou desconhecer os fatos bem como a existência do rádio, mas ante as evidências acabou por confessar de que estava servindo como “batedor” para um veículo de cor escura (Renault Meganet DYN 1.6, cor preta, placa EVR 0106/Indaiatuba-SP) utilizado para o transporte de maconha e que estaria estacionado em uma mata sito na chácara de nome Grupo Monte Rico, no
Assentamento Itamarati, e que o dono do lote e ele não tinha conhecimento dos fatos.

Imediatamente deslocaram-se até o local na companhia do condutor, onde localizaram o veículo Renault no interior da mata e embora estivesse trancado sentiam o odor de maconha exalando do seu interior. O motorista disse que as chaves estavam sem sua casa no quarto sobre uma sapateira em seu lote no mesmo assentamento. Deslocaram-se a residência e quando estavam chegando viram que duas pessoas saíram correndo no sentido de uma mata, mas foram alcançados, eles são moradores no estado de Goiás e justificaram que estavam à passeio na casa.

Foi realizada uma busca no interior do quarto e encontrado além das chaves do veículo um carregador para pistola do calibre 380 municiado com 20 cartuchos intactos e um coldre possivelmente para este tipo de arma. Antes de a polícia ter achado, o motorista alegou que de fato tinha uma pistola, mas esta fora vendida para um paraguaio, sem especificar o valor da transação.

Com as chaves do veículo Megane, os policiais foram até o veículo e após abri-lo viram que no porta malas e sobre os bancos havia vários tabletes de erva dissecada com aparência de maconha.
Deslocaram-se até a sede da propriedade e em conversa com o morador, este relatou que conhecia o motorista, pois trabalhara na chácara. Disse que no dia anterior ( 30 de janeiro) à tarde estava muito chuvoso, quando o motorista chegou no local dirigindo o Megane, pedindo para deixar o veículo escondido, pois estava com eletrônicos e brinquedos para serem revendidos. Disse ainda que haviam outros três veículos um VW tipo Fox, cor preta (VW/FOX 1.0 preta, placa DWF1877 Agudos/SP) ocupado por duas pessoas e o Hyundai Veloster, branco, dirigido pelo irmão do motorista; e um carro prata, mas este não foi possível identificar.

À princípio o morador não aceitou, mas devido ao fato de ser seu conhecido acabou por concordar pedindo que fossem embora logo pela manhã.

Dois homens, ocupantes do veículo VW FOX confessarem que estavam auxiliando no transporte da droga e que seria entregue na cidade de Goiânia/GO.

O motorista ainda informou que havia outras pessoas envolvidas escondidas em uma casa em Ponta Porã, esperando o conserto do carro Voyage, pois havia furado o radiador para seguirem viagem.

Os policiais foram atém a residência na Rua Aeroporto Guararapes, Bairro Jardim Aeroporto, onde foram localizados dois homens e duas mulheres, sendo que um casal era é morador em Três Lagoas.

O motorista receberia pelo transporte da droga a quantia de R$5 mil e os outros em R$2 mil e R$3 mil.


Os autores, a droga e os veículos foram encaminhados para esta especializada (Defron de Dourados.
A droga foi pesada apresentando e totalizou em 780kg.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
MS participa de consórcio para compra de 28 milhões de doses de vacina contra Covid-19
INTERNACIONAL
Vacina russa Sputnik V tem eficácia de 97,6% em estudo no mundo real
OPERAÇÃO HÓRUS
Veículo com mais de uma tonelada de maconha foi apreendido pelo DOF
AQUIDAUANA
Suspeito de tráfico de drogas é preso por policiais civis