sexta, 23 de fevereiro de 2024

Rede Feminina muda denominação para Associação Feminina

Entidade desvincula-se da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Campo Grande

17 maio 2012 - 16h06Por Fonte: Matéria
A coordenadora e fundadora da Rede Feminina de Combate ao Câncer “Malvina Monteiro”, Vereadora Lourdes Monteiro, que há 6 anos atende e dá assistência aos portadores de Câncer e outras doenças, proporcionando a valorização humana e garantindo melhoria na qualidade de vida, informou a desvinculação da Entidade da Rede Feminina de Campo Grande.

Na última terça-feira dia 14, as voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer “Malvina Monteiro” se reuniram na Sede da Casa de Apoio em Assembleia Geral e decidiram pela mudança de denominação da Entidade registrada em ata e autenticada no Cartório 1º Ofício sob o selo digital nº ACO 56848-026 do dia 17 de maio de 2012.

A Vereadora vem por meio da imprensa local, informar a desvinculação da Rede Feminina Estadual e mudança da denominação de Rede Feminina de Combate ao Câncer “Malvina Monteiro” para Associação Feminina de Combate ao Câncer “Malvina Monteiro”. “Atualmente não existe nenhum tipo de apoio ou convênio com a Rede Feminina de Campo Grande, pois as consultas e exames são realizados todos através do SUS”, explica Lourdes Monteiro.

“A Associação Feminina de Combate ao Câncer “Malvina Monteiro” continuará atendendo normalmente aos pacientes que necessitam do apoio que a Casa proporciona, além de continuar realizando campanhas de prevenção ao Câncer e à conscientização dos cuidados para prevenir este mal”, finalizou a Vereadora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL

Antropólogos propõem incluir povo indígena em debate sobre bioeconomia

GERAL

Estudo aponta impacto etnorracial no desenvolvimento infantil

GERAL

STF pode agendar audiências para debater revisão da Lei da Anistia

INVESTIMENTO

Ministra do Departamento Econômico e Comercial da China vem a MS prospectar negócios