Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
Polícia

Vítimas eram escolhidas aleatoriamente e mercadoria vendida no Paraguai

22 janeiro 2015 - 09h16Por Fonte: douradosnews
A quadrilha desarticulada durante operação conjunta entre o SIG (Serviço de Investigações Gerais) da Polícia Civil e a Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) na tarde de terça-feira (20) escolhiam as vítimas de forma aleatória e após os crimes, vendiam as mercadorias roubadas no Paraguai. A informação foi repassada na manhã desta quarta-feira (21) pelo delegado do SIG, Adilson Stiguivitis.

“Eles aproveitavam o descuido das pessoas e entravam na casa para cometer esses crimes. Pegavam a mercadoria e comercializavam todas no Paraguai, em troca de dinheiro ou drogas, estamos investigando ainda”, comentou.

Na ação, foram presos Emerson Rodrigues da Silva Oliveira, 25, morador no Jardim Água Boa, Estevão Eliote Leonel, 25, residente no mesmo bairro, Douglas Rodrigues Mariano (18), o “Gordinho”, morador na Vila Cachoeirinha, Ronivaldo Ortiz de Souza, 21, Jardim Itália, Bem Hur Ferreira da Silva, Vila Almeida e um menor de 17 anos, residente no Estrela Porã. Duas pessoas ainda continuam foragidas.“Toda a mercadoria era negociada logo após os crimes, então não tinha como recuperar. Apenas os carros que eram abandonados e em um caso, queimado, conseguimos trazer para a delegacia”, resumiu.

AS PRISÕES

Segundo o delegado, as prisões ocorreram após a identificação de um dos autores dos crimes, que teria levado os veículos para o país vizinho. Em seguida, os policiais armaram um esquema para chegar até o grupo. Entre a manhã e a tarde de terça-feira os suspeitos acabaram detidos.

Eles serão autuados por roubo, associação criminosa, tráfico, receptação – um deles teria comprado o Smart Fone proveniente de um dos roubos – e tráfico de drogas. Todos permanecem no 1º Distrito Policial e devem ser transferidos para a PED (Penitenciária Estadual de Dourados) durante a semana.

O menor será levado para a Unei (Unidade Educacional de Internação) Laranja Doce.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
"Respiradores salvam vidas e essa é nossa meta", diz Neno Razuk em pedido de recursos para compra
CRIME AMBIENTAL
PMA autua pecuarista desmatamento dentro da Unidade de Conservação de Proteção Ambiental
BRASIL
Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%
CASSILÂNDIA
Polícia Militar tira de circulação mais um foragido da justiça