Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021

Alzira Espíndola e Almir Sater celebram os 36 anos de MS

Alzira Espíndola e Almir Sater celebram os 36 anos de MS

27 setembro 2013 - 15h20
Douradosagora



Os 36 anos de criação de Mato Grosso do Sul serão celebrados durante o próximo MS Canta Brasil, no dia 6 de outubro (domingo). Alzira Espíndola e Almir Sater sobem ao palco do Parque das Nações Indígenas e apresentam a musicalidade que marca o Estado. Organizado pelo governo do Estado através de sua Fundação de Cultura, o projeto começa a partir das 17h30 e a entrada, como sempre, é franca.

De De Mato Grosso do Sul para os palcos do mundo, Almir Sater é um dos grandes representantes da música popular, dos sons inconfundíveis do Pantanal e das raízes do campo. Com mais de 30 anos de carreira e 10 discos gravados, suas canções resgatam a riqueza da viola, unindo a sonoridade pantaneira ao erudito, oferecendo um repertório eclético e inovador.

O cantor, compositor e instrumentista de Campo Grande, considerado um dos maiores nomes da viola brasileira, apresentará no repertório do show clássicos como “Trem do Pantanal”, “Comitiva Esperança”, “Tocando em Frente”, “Um Violeiro Toca”, entre outros, garantindo um show repleto de belas canções e tradições.

Almir tornou-se um dos responsáveis pelo resgate da viola de 10 cordas, que foi incorporada aos seus arranjos com um toque mais sofisticado, temperada com estilos estrangeiros como o blues, o rock e o folk, uma mistura de música folclórica, erudita e popular considerada atemporal.

Em 2010 foi um dos convidados para o especial e gravação do DVD “Emoções Sertanejas”, em homenagem aos 50 anos de carreira de Roberto Carlos. Sua interpretação para a canção “O Quintal do Vizinho”, contida e suave, recebeu diversos elogios e apontada por vários internautas como a mais bonita apresentação.

Alzira Espíndola é cantora, compositora e instrumentista sul-mato-grossense, que iniciou sua carreira musical em 1977, com a gravação e lançamento do LP “Tetê e o Lírio Selvagem” (Polygram), grupo do qual fazia parte com seus irmãos Tetê, Geraldo e Celito. Em 1980, após a dissolução do Lírio, estréia no show “Vozes e Violas”, com Almir Sater, Passoca e grupo Bendegó, em São Paulo. Em 2010 foi um dos convidados para o especial e gravação do DVD “Emoções Sertanejas”, em homenagem aos 50 anos de carreira de Roberto Carlos.

Sua interpretação para a canção “O Quintal do Vizinho”, contida e suave, recebeu diversos elogios e apontada por vários internautas como a mais bonita apresentação.

O projeto MS Canta Brasil é uma realização da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e prevê apresentações de shows com artistas de renome nacional e de destaque em Mato Grosso do Sul na Arena do Parque das Nações Indígenas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIDADE
Já está em vigor lei que reduz ICMS da energia elétrica para 1 milhão de unidades consumidoras
SAÚDE
Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos
OPERAÇÃO HÓRUS
PM do Vale do Ivinhema apreende mercadorias oriundas do Paraguai avaliadas em 800 mil reais
EDUCAÇÃO
Lei cria programa de fomento à alfabetização nas redes públicas de ensino