Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021

Truques simples para ganhar espaço

19 setembro 2011 - 16h30
Trocar a posição dos móveis de forma a evitar barreiras pode fazer a metragem render

IG

Reformar ou decorar a casa é como um quebra-cabeça. Aos poucos, é preciso encaixar todas as peças nos ambientes, sempre com inteligência e bom senso. Caso contrário, o resultado poderá ficar bem longe do esperado. Uma das principais dicas para fazer tudo correr bem e não pecar pelo exagero é analisar a área que se tem disponível.

"Não adianta escolher muitas peças para um cômodo pequeno. É importante pensar na circulação”, afirma a arquiteta Eduarda Corrêa.

Móveis para economizar espaço
Aproveite melhor os espaços da casa
Aumente a sensação de amplitude

Em seguida, chega a hora de planejar o posicionamento dos itens. “Essa etapa deve ser feita com cuidado. Não é recomendado colocar móveis embaixo de janelas, pois as peças atrapalham o dia a dia e a entrada de luz pode ficar prejudicada”, alerta a arquiteta Maria Claudia Cunha.

A parte estrutural também deve colaborar para deixar sua morada mais funcional. “Divisórias sem sentido devem ser eliminadas. Uma pequena reforma, sem muito quebra-quebra, pode resolver esse problema. O gasto será pequeno e a recompensa, bem grande”, diz Eduarda.

Para isso, vale convocar um bom profissional para verificar quais paredes podem ser removidas e o que fazer para aproveitá-las da melhor maneira. “Os tempos mudaram, nenhum ambiente é intocável. Todos foram feitos para serem bem utilizados. Por isso, eles devem ser funcionais, ter áreas livres e, principalmente, garantir o conforto da família”, ressalta a arquiteta Daniela Monteiro.

Para dar aquela mãozinha, três especialistas dão dicas especiais para você acertar nas composições e valorizar a metragem da sua morada:

Na sala

1 – Coloque o sofá de frente para a porta. Além de facilitar a circulação, é um convite para que todos fiquem no local e batam um bom papo. “De preferência, deixe a janela livre para poder manuseá-la”, diz Maria Claudia.

2 - Opte por integrar os espaços. Evite, por exemplo, colocar o sofá de costas para a sala de jantar, pois o móvel irá delimitar e separar os ambientes. Uma boa alternativa é colocar pufes no lugar, pois são mais baixos e podem ser removidos com facilidade.

3 – Preste atenção no posicionamento do sofá para que ele não fique “espremido”. Em espaços reduzidos, evite colocar poltronas ou outro sofá ao lado. A pessoa deve ficar sentada e ter as pernas livres. “Alinhar o final do braço com os outros móveis é sempre uma boa sugestão”, recomenda Maria Claudia.

4 – A mesa de centro deve estar sempre centralizada e a 50 cm de distância do sofá. Assim é fácil pegar e manusear objetos que estão sobre ela.

No quarto

5 – A cama deve ficar paralela à janela e ter a cabeceira encostada na parede.

6 – Evite colocar a cama sob a janela. O mais recomendado é que ela esteja em frente à porta.

7 - Se o quarto for de criança, é importante posicionar os móveis encostados nas paredes. “Assim, deixamos espaço livre para os pequenos brincarem”, comenta Eduarda.

Na cozinha

8 - É fundamental pensar em uma triangulação entre geladeira, fogão e pia, medida que garante boa circulação e concentra a área de trabalho.

9 - A geladeira deve ficar ao lado da bancada – o eletrodoméstico deve ser colocado de 3 cm a 5 cm de distancia dos outros móveis, o que assegura ventilação e bom funcionamento. Já o fogão deve ficar mais afastado para não haver choque de temperaturas.

10 - Não coloque nada em frente ao fogão (dê uma distância de, pelo menos, 1 m). Dessa forma, é possível abrir a porta do forno sem problemas – se for um cooktop, a regra é a mesma.

No banheiro

Fique atento a esse cômodo, pois é sempre mais difícil realizar reformas por conta dos encanamentos.

11 - Se possível, escolha uma porta de correr para o box. Esse modelo facilita a circulação.

12 - Chuveiro, vaso sanitário e pia devem estar na mesma parede hidráulica, o que permite maior circulação no espaço. Caso não seja possível, evite a proximidade entre a ponta da pia e a quina do box. Essa disposição pode gerar uma espécie de ampulheta que dificultará a circulação.

13 - Planeje armários sob a bancada da pia. “Assim você ganha um espaço para armazenar utensílios maiores sem comprometer a circulação”, comenta Eduarda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: Brasil tem mais de 15 milhões de casos acumulados
SAÚDE
Hemosul tem estoques baixíssimos de sangues tipo O- e O+
COTAÇÃO
Dólar fecha abaixo de R$ 5,30, com aumento da Selic para 3,50%
POLÍCIA
Policiais civis do MS e SP capturam suspeito de furto e recuperam veículo levado após test-drive