Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
Cerro Alegre Empreendimentos Imobiliários
CORONAVÍRUS

Julho segue para ter a menor média de casos de covid no ano em MS

27 julho 2021 - 09h00Por Portal Governo MS

Com a ampliação da vacinação no Estado, o mês de julho segue para ter a menor média de casos de covid-19 em 2021 no Mato Grosso do Sul. Até o momento foram registrados 17.169 infecções pelo vírus neste mês, o que chega a uma média diária de 660 ocorrências.

De acordo com dados do boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o mês com menor número de casos no ano tinha sido fevereiro, com 20.507 ocorrências registradas, tendo uma média diária de 732 (casos). O pior mês foi justamente em junho, quando chegou a 44.686, com média (diária) de 1.489 (ocorrências).

O aumento de casos da covid-19 estava em ascendência em janeiro, quando foram registrados 27.260. Teve uma pequena queda em fevereiro, caindo para 20.507, mas logo subiu de forma significativa com a chegada das variantes ao Estado. Março já apresentou 34.070, sendo que em abril seguiu o mesmo ritmo com 32.587, chegando a 42.540 em maio. Junho bateu o recorde 44.686 (casos) desde o começo da pandemia.

Os números positivos do mês de junho seguem com outros dados como a redução do número de internados em função da doença, queda de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) em todas as regiões do Estado, assim como diminuição da taxa de contágio, que está desde o dia 15 abaixo de 0,90.

Para os especialistas o cenário positivo tem relação direta com a ampliação da vacinação no Estado, que reduz a circulação do vírus, no entanto é importante manter as medidas de prevenção para que os casos não voltem a subir no Estado, já que a pandemia ainda segue em todo País.

O governo do Estado segue com os investimentos para melhorar as estruturas de saúde nos 79 municípios, com ampliação de leitos, assim como na recomendação de medidas de restrição por meio do Programa “Prosseguir”.

Já a vacinação no Estado continua como destaque nacional, estando nas primeiras colocações do ranking entre os estados. Um dos fatores é a distribuição das doses em menos de 12 horas aos 79 municípios, assim como a parceria com as prefeituras para aplicação dos imunizantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Ministro diz que efeitos adversos não podem interromper vacinação
SAÚDE
Inmet alerta para onda de calor e umidade abaixo de 12% em Mato Grosso do Sul
REGIÃO
Polícia Militar prende dois homens por Tráfico de Drogas
JUSTIÇA
Justiça do Trabalho inicia Semana Nacional de Conciliação