Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021
FERCICAL
SAÚDE

Recuperados da covid-19 se aproximam de 23 mil no Brasil

Taxa de recuperação da doença está em 56,7%, diz Ministério da Saúde

21 abril 2020 - 14h00Por Agência Brasil

O Brasil registrou, até segunda-feira (20), 22.991 pessoas recuperadas da covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde. O número foi divulgado sem detalhamento por estado.

A taxa nacional de recuperação da doença encontra-se em 56,7%, uma pequena melhora em relação aos 55% registrados em 14 de abril, quando o ministério começou a divulgar o número de recuperados. O país tem 40.581 pacientes diagnosticados, segundo os dados divulgados ontem (20).

O ministério contabiliza como recuperado o paciente com confirmação do novo coronavírus que recebeu alta hospitalar após internação e também os confirmados sem internação, mas que deixaram de apresentar sintomas depois de ficar em casa.

Enquanto a taxa de recuperação se mantém acima da metade dos casos, o índice de letalidade encontra-se em 6,3% dos casos confirmados. No Brasil, foram registradas 2.575 mortes até ontem (20).

As hospitalizações por covid-19 chegaram a 8.318. O total de pessoas internadas por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em investigação totalizaram 42.817. Outras 15.752 foram denominadas SRAG “não especificado”. 

Ontem (20), o ministro da Saúde, Nelson Teich, anunciou ter aumentado para 46 milhões o número de testes que a pasta pretende comprar para ampliar os diagnósticos.  

“Isso é importante para entender a doença, a evolução e fazer um planejamento para revisão do distanciamento social”, disse Teich, em vídeo divulgado pela assessoria do Ministério da Saúde. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

APARECIDA DO TABOADO
Polícia Militar prende homem por agredir esposa e o próprio pai e por receptar uma bicicleta furtada
POLÍCIA
Barreira policial durante Operação Campo Limpo apreende veículo roubado na Capital
LEGISLATIVO
Crianças e adolescentes órfãos devido à Covid podem ter políticas públicas especiais
SAÚDE
Anvisa informa STF sobre pendências para autorizar vacina Sputnik V