Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
CIDADES

Servidores públicos pedem redução de jornada, revezamento e idosos em casa

Feserp-MS entregou ofício com demandas ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB)

16 março 2020 - 11h30Por Campo Grande News

A Feserp-MS (Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do Estado de Mato Grosso do Sul) entregou ofício ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB), em que pede medidas de precaução contra a disseminação do novo coronavírus.

O documento foi entregue pela presidente da entidade, Lilian Fernandes. Entre as demandas estão redução de jornada, instituição de sistema de teletrabalho e revezamento das escalas.

A federação ainda quer que os servidores idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas trabalhem em casa. Funcionários públicos cujos filhos tiveram aulas suspensas e não têm com quem deixá-los também entram na solicitação.

A entidade requer decreto do governo estadual e aguarda resposta ainda hoje.

Nesta manhã, o governador está reunido com secretários antes de conceder entrevista coletiva para anunciar medidas de contenção ao coronavírus.

Até agora, dois casos de novo coronavírus foram confirmados no Estado - os dois em Campo Grande. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) monitora outros quatro casos suspeitos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Serial Killer que confessou ter matado 7 em MS é transferido após defesa alegar agressões psicológicas
ECONOMIA
Dólar tem forte queda e fecha a R$ 5,34
PANDEMIA
Após policiais testarem positivo para o coronavírus, delegacias são fechadas para desinfecção
GERAL
Caixa pagou R$ 70,8 bilhões em auxílio emergencial