Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021
Faculdade columbia - Matrículas abertas 2021
SAÚDE

Técnicos da Anvisa inspecionam laboratório indiano que produz Covaxin

Inspeção às instalações deve terminar na sexta-feira (5)

01 março 2021 - 13h00Por Agência Brasil

Técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) visitam hoje (1º) a fábrica da empresa Bharat Biotech, na Índia. Realizada a pedido da própria companhia, a inspeção às instalações onde está sendo produzida a vacina Covaxin, contra a covid-19, está prevista para terminar na sexta-feira (5).

Cinco servidores da agência reguladora brasileira avaliarão os padrões de produção da matéria-prima usada na elaboração do imunizante e da própria vacina. Os técnicos vão analisar os procedimentos de armazenamento, os processos de trabalho, entre outros critérios de controle de qualidade, cuja observância é necessária para que a Anvisa conceda ao laboratório farmacêutico o Certificado de Boas Práticas de Fabricação - documento que a agência emite aos fabricantes de medicamentos, produtos para a saúde, cosméticos, perfumes, produtos de higiene pessoal, saneantes e insumos farmacêuticos do Brasil e de outros países que cumprem os procedimentos e práticas estabelecidos pela instituição.

A Bharat Biotech ainda não pediu à Anvisa autorização para realização de estudos clínicos da Covaxin no Brasil, nem o registro de uso emergencial da vacina no país. Apesar disso, na última quinta-feira (25), o Ministério da Saúde assinou um contrato para comprar 20 milhões de doses do imunizante produzido pelo laboratório.

O contrato assinado com a Precisa Medicamentos, responsável por importar a Covaxin no Brasil, está orçado em R$ 1,614 bilhão. E prevê a entrega dos medicamentos de maneira escalonada, entre os meses de março (quando o país receberia os primeiros 8 milhões de doses) e maio deste ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
PM apreende veículo com mais de 130 kg. de droga
JUSTIÇA
Ministério vai retomar implantação de sistema de apoio ao consumidor
SAÚDE
Queiroga diz que ministério estuda campanha de testagem contra covid
CIDADE
Detran de Dourados terá novo bloco para campanhas educativas e Central de Exames