Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021

Chelsea passeia contra o Monterrey e consuma final com o Corinthians

Chelsea passeia contra o Monterrey e consuma final com o Corinthians

13 dezembro 2012 - 10h55
Uol

A decisão que todos esperavam no Mundial de Clubes se tornou oficial na noite desta quinta-feira em Yokohama, no Japão, quando o Chelsea bateu o Monterrey por 3 a 1. Sob olhares de Tite nas tribunas, os campeões da Europa pouparam energias, mas mostraram um futebol eficiente e consumaram com facilidade a final com o Corinthians no próximo domingo.

Os ingleses sufocaram os adversários mexicanos logo no começo do jogo e diminuíram o ritmo depois do gol do espanhol Juan Mata aos 17min do primeiro tempo. Na etapa final, gols de Fernando Torres e outro contra de Darvin Chavez no princípio fizeram os europeus se pouparem novamente. Por fim, Rafa Benítez se deu não luxo de poupar Ramires e Frank Lampard no banco de reservas (o meia inglês entrou no fim).

Com 8 graus, uma torcida de maioria japonesa acompanhou comportada a semifinal que teve o Chelsea no comando desde o primeiro minuto.

Tite apareceu nas tribunas do Nissan Stadium já com a partida em andamento e perdeu o belo lançamento de David Luiz para Eden Hazard, na primeira chance clara dos ingleses na partida.

Com Cahill e Ivanovic no centro da defesa, o técnico Rafa Benítez apostou em David Luiz no meio-campo. O brasileiro tabelou com Oscar de cara e mostrou que seria um dos comandantes das ações criativas. No minuto seguinte colocou Hazard na cara do gol, mas o belga desperdiçou a oportunidade na frente de Orozco.

O Chelsea seguiu controlando a posse de bola e empurrou o Monterrey em seu campo de defesa. Nesta configuração de jogo, o gol não demorou a sair.

Mata colocou o Chelsea em vantagem aos 17min, finalizando uma bela jogada coletiva do ataque inglês. No lance, Oscar acionou Ashley Cole de calcanhar, e o lateral cruzou para o arremate do meia espanhol.

Em vantagem os campeões da Europa diminuíram o ritmo e cederam posse de bola aos mexicanos. O Monterrey então tentou atacar a área inglesa pelo alto, mas sem eficiência.

No segundo tempo o Chelsea ampliou com Torres aos 18 segundos, após jogada de Hazard na ponta direita. Apenas dois minutos depois, os ingleses praticamente selaram o triunfo quando o mexicano Chavez desviou contra o próprio gol após um toque cruzado de Mata.

Nos acréscimos, o time mexicano conseguiu diminuir a diferença no placar com o atacante De Nigris, que bateu forte, sem chances para Cech.

A decisão do Mundial de Clubes acontece neste domingo, às 8h30 (horário de Brasília), em nova partida do estádio de Yokohama. O Corinthians tenta o segundo título na competição da Fifa, enquanto que o Chelsea tenta o seu primeiro troféu de melhor do planeta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS