Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021

Corinthians não fará loucura para contratar Dedé, diz dirigente

09 janeiro 2013 - 14h20
Terra



A diretoria do Corinthians não pagará o que pretende ganhar o Vasco. Mas, se o clube carioca quiser vendê-lo por um preço que os paulistas consideram justo, a chance de a negociação ser concretizada é bastante grande. Esse foi o recado que o diretor de futebol corintiano mandou aos dirigentes vascaínos e aos representantes do zagueiro.

Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira no CT, Roberto de Andrade deixou claro que há interesse em reforçar o elenco com Dedé, mas não haverá loucura para que isso seja concretizado. Ou seja, o Corinthians não vai atrás do Vasco para oferecer uma fortuna, e sim, os cariocas que terão que procurar os paulistas para oferecê-lo.

"Está todo mundo dizendo que ele sairá do Vasco para ir para o Corinthians, mas ainda não conversamos. Uma grande oportunidade de negócio não é comprar pelo que ele vale. Pelo que ele vale, o Corinthians não tem interesse. Não estamos atrás de zagueiro, se tiver a oportunidade de ter grandes jogadores, tem que ser um bom negócio. Se não for um bom valor, não é uma boa oportuniade", sentenciou o dirigente do Corinthians, que já havia declarado algo parecido horas antes.

A diretoria do Corinthians foi avisada por representantes do jogador que seria possível tirá-lo do Vasco por uma quantia que o clube paulista teria à disposição. Os dirigentes, que davam o negócio como encerrado, se animaram e reiniciaram as conversas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS