Menu
Busca domingo, 05 de dezembro de 2021
ESPORTE

Governo investe mais de R$ 39 milhões na construção e reforma de áreas esportivas em 17 cidades

04 novembro 2021 - 13h00Por Portal Governo MS

Para oferecer melhor qualidade de vida à população e fortalecer o esporte e o lazer, o Governo do Estado investe R$ 39,5 milhões na construção e reforma de áreas esportivas em 17 cidades. As obras são em diferentes locais como ginásios, praças, estádios, parques e pistas de atletismo.

Serão contemplados os municípios de Bonito, Camapuã, Campo Grande, Chapadão do Sul, Costa Rica, Deodápolis, Dourados, Itaquiraí, Jaraguari, Maracaju, Mundo Novo, Nova Andradina, Ponta Porã, Rio Negro, Rio Verde e Sete Quedas.

Estes investimentos fazem parte do programa “MS+Esporte”, que prevê o apoio financeiro em diferentes modalidades, da base aos atletas de elite, além de melhorar os espaços de esporte para população em geral. Ao todo a injeção será R$ 120 milhões para contribuir com este setor que foi prejudicado durante a pandemia.

Entre as principais obras está a finalização do Complexo Esportivo de Maracaju, a construção da piscina olímpica pública no Parque Ayrton Senna em Campo Grande, assim como a  reforma do estádio municipal de Costa Rica e as duas pistas oficiais de atletismo em Ponta Porã (R$ 3,1 milhões) e Chapadão do Sul (R$ 2,8 milhões).

Estádio e complexo esportivo

Em Maracaju já segue em andamento a obra do Ginásio Poliesportivo, que tem a parceria da prefeitura e Governo do Estado. O complexo contará com 2 mil expectadores e poderá ser usada até para eventos festivos e culturais, assim como shows.

“Esse investimento grandioso é a retribuição do Governo do Estado para Maracaju, esporte é saúde e devemos incentivar a prática cada vez mais constante, certamente um novo local, amplo e tecnicamente melhor para a prática das diferentes modalidades esportivas”, ressaltou o prefeito de Maracaju, Marcos Calderan.

O diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, destaca que o local será um centro de excelência. “Além do ginásio vai contar com sala de musculação, fisioterapia, alojamento e outros atributos que tornam o local um verdadeiro complexo. A obra está em andamento e deve ser inaugurada daqui seis meses”.

Para Costa Rica haverá ajuda para reformar o estádio municipal da cidade, conhecido como “Laertão”. O investimento será de R$ 6 milhões.

“A reforma e ampliação do estádio é de suma importância, considerando que o time do Costa Rica é o atual campeão estadual e vai disputar quatro competições no ano que vem, entre ela a Copa do Brasil, Copa Verde e Série D do Brasileiro”, disse o prefeito Cleverson Alves dos Santos.

Cleverson agradece o apoio e os investimentos do Estado. “Ficamos muito felizes com este investimento e aporte financeiro do governo para incentivar o esporte em Costa Rica. A reforma no estádio vai atender as exigências da CBF para receber estas competições nacionais e tornar o local mais adequado”.

Pistas de atletismo e piscina olímpica

O Governo do Estado vai contribuir para a implantação de duas pistas oficiais de atletismo nas cidades de Ponta Porã e Chapadão do Sul. A expectativa é que as duas cidades entrem no circuito estadual e estejam aptas para receber competições regionais e nacionais.

Com o custo de R$ 2,8 milhões a pista de Chapadão será construída com aporte de recursos do Fundo de Investimento Esportivo (FIE/MS). Ela será instalada no Ginásio Municipal da cidade, para atender os atletas e competições de alto rendimento. “Com o esporte formamos verdadeiros cidadãos. Tanto o município quanto o Governo do Estado apoiam integralmente o esporte como ferramenta de desenvolvimento da nossa população”, descreveu o prefeito de Chapadão do Sul, João Carlos Krug.

Ele ressaltou que o projeto está em andamento. “Já fizemos a terraplanagem. Será numa área central da cidade. É muito importante, pois vem ao encontro de um trabalho que estamos fazendo, de valorização dos esportes com investimentos em várias áreas, inclusive atletismo”.

A obra na pista de Ponta Porã também segue em andamento. Ela será feita em uma área de 6.953,25m². “Começamos este projeto ambicioso e entendemos que como era uma grande obra, o governo poderia nos ajudar e se juntar a nós, tendo assim uma pista oficial, com vestiário e tudo que tem direito”, destacou o prefeito Hélio Peluffo.

Peluffo destacou que além das disputas estaduais, a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) e a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) vão fazer as devidas vistorias para dar a certificação para pista. Ela terá 400 metros, oito raias, com piso emborrachado importado em rolos e iluminação específica. Ainda contará com setores para saltos, arremessos e lançamentos.

Já em Campo Grande o governo faz parceria com a prefeitura para obra de R$ 10,5 milhões, para contar com uma piscina olímpica de padrão internacional no Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho. O local terá cobertura, arquibancada para mais de mil pessoas, dispondo de banheiros, vestiários e todos os padrões de acessibilidade. São R$ 6,5 milhões da União e R$ 4,5 milhões dos cofres estaduais. A obra está em fase de pré-licitação e será conduzida pela Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos).

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Crédito Brasil Criativo libera R$ 408 milhões para setor cultural
POLÍCIA
Estagiário de banco é preso pela PF ao fazer saques e furtar auxílios emergenciais de clientes em MS
GERAL
A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) encerra amanhã (5) uma pesquisa sobre fatores e critérios
ESPORTE
A 7ª edição da Bonito 21K tem provas de corrida neste sábado e ciclismo no domingo