quinta, 20 de junho de 2024

Média de público da 1ª rodada confirma esvaziamento dos últimos anos

Média de público da 1ª rodada confirma esvaziamento dos últimos anos

22 maio 2012 - 15h40
IG


Já virou rotina. Seguindo a tendência de queda dos últimos anos, a primeira rodada do Campeonato Brasileiro deste ano não empolgou os torcedores nos 10 jogos do seu primeiro fim de semana. A primeira rodada teve média de 10.252 pagantes por jogo, um pouco mais que os 10.043 de 2011, superior apenas que as rodadas de estreia de 2003 e 2004. A CBF ainda não divulgou todos os borderôs das partidas.

A explicação para a baixa média (principalmente em relação às médias finais ao final do campeonato, veja a tabela abaixo), está na atenção maior que nove das 20 equipes do torneio está dando a outras frentes como Copa do Brasil e Libertadores. Com jogos decisivos no meio de semana, Corinthians e Fluminense, por exemplo, fizeram uma partida com reservas no Pacaembu e o estádio não teve nem metade da sua capacidade atingida: 14.791 pagantes.

Em 2011, quatro equipes ainda disputavam a Copa do Brasil e o Santos estava na Libertadores quando o Brasileiro começou. Ceará e Avaí, eliminados nas semifinais, usaram escalações mistas nas primeiras rodadas. Vasco e Coritiba, finalistas, tiveram formações mescladas pelas quatro primeiras rodadas.

O Santos, único brasileiro que chegou às quartas de final da Libertadores em 2011, também teve reservas nas primeiras rodadas e somadas às convocações para a seleção brasileira, o time de Muricy Ramalho não teve força máxima em grande parte do primeiro turno, fato que colaborou para diminuir as médias de público da equipe em casa e fora, quando Neymar não era atração.

Média e maior público das primeiras rodadas desde 2003*
2003: 8 730 (maior público: Fortaleza 0 x 0 Bahia, 21 548)
2004: 7 043 (maior público: Figueirense 1 x 0 Inter, 11 925)
2005: 14 159 (maior público: Brasiliense 0 x 0 Vasco, 26 371)
2006: 11 569 (maior público: Grêmio 2 x 0 Corinthians, 26 368)
2007: 11 360 (maior público: América-RN 0 x 1 Vasco, 26 469)
2008: 12 411 (maior público: Coritiba 2 x 0 Palmeiras, 31 660)
2009: 13 790 (maior público: Cruzeiro 2 x 0 Flamengo, 24 564)
2010: 11 323 (maior público: Botafogo 3 x 3 Santos, 25 634)
2011: 10 043 (maior público: Grêmio 1 x 2 Corinthians, 19 002)

Neste ano, a média da primeira rodada foi impulsionada pela torcida do Sport, que depois de dois anos voltou à Série A. Foram quase 27 mil pagantes. Em compensação, o clássico Palmeiras e Portuguesa não teve nem 9 mil pagantes no Pacaembu. Outro público decepcionante foi o do Engenhão, com 7.008 pagantes. Vasco e Grêmio, um de olho na Libertadores e outro na Copa do Brasil, jogaram para apenas 5.826 pagantes em São Januário.

Por serem disputadas concomitantemente com outros torneios, as primeiras rodadas do Brasileirão por pontos corridos atraem naturalmente menos gente nas primeiras rodadas do que nas últimas, quando a briga por posição é mais acirrada. Veja abaixo como a média final dos torneios é maior do que a do início.

Médias finais de público nos pontos corridos
2003: 10.468
2004: 7.556
2005: 13.600
2006: 12.300
2007: 17.471
2008: 16.992
2009: 17.807
2010: 14.839
2011: 14.976

Deixe seu Comentário

Leia Também

VERDE/SUSTENTAVEL

Gretap: equipe do Governo de MS no Pantanal monitora áreas queimadas em busca de animais feridos

JUSTIÇA

Após voto de Toffoli, STF continua sem decisão sobre porte de maconha

GERAL

Sistema lucrativo sustenta desinformação científica nas redes sociais

DETRAN

Detran-MS inicia novo leilão com Honda CG 2023/24 e Kia Cerato em destaque