Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021

"Santos de Neymar" não brilha e perde para o Vélez em 1º duelo contra argentino

"Santos de Neymar" não brilha e perde para o Vélez em 1º duelo contra argentino

18 maio 2012 - 09h04Por UOL Esportes
A geração Neymar enfrentou pela primeira vez uma equipe argentina desde que surgiu no inicio de 2010, e não conseguiu um resultado positivo. O Santos parece ter sentido a pressão de jogar contra o Vélez Sarsfield, nesta quinta-feira, no estádio José Amalfitani, em Bueno Aires, na Argentina, e perdeu por 1 a 0 o duelo de idas das quartas de final da Copa Libertadores da América.

Em falha do goleiro Rafael, o atacante Óbolo aproveitou cruzamento da esquerda e desviou de cabeça para fazer o único gol da partida.

Neymar perdeu o duelo para o lateral direito improvisado, Peruzzi, que ameaçou o craque em tom de brincadeira antes da partida. O camisa 11 do Santos não conseguiu escapar da marcação quase individual de Peruzzi, que ainda contava com o volante Cubero na sobra. O craque santista ainda recebeu um cartão amarelo por simular uma falta.

A partida de volta contra o Vélez acontece na próxima quinta-feira. O local da partida ainda não está definido pela diretoria do clube, que tem dúvidas entre Vila Belmiro e Pacaembu. Antes disso, o Santos estreia no Campeonato Brasileiro, diante do Bahia, em Salvador, no próximo domingo.

O Santos não foi agressivo como de costume nos jogos e só teve uma oportunidade de gol no primeiro tempo. O único ataque santista teve a participação de Neymar e Juan, e terminou com uma linda finalização de Paulo Henrique Ganso, que tentou encobrir o goleiro, mas Barovero, bem posicionado, fez a defesa.

O Vélez tentou pressionar o Santos durante todo o primeiro tempo, sempre apostando na velocidade e habilidade do atacante Martinez. O melhor jogador do time argentino finalizou de perna esquerda para boa defesa de Rafael. Dez minutos depois, o atacante tabelou com Cabral e recebeu de volta para chutar forte e provocar nova defesa de Rafael.

O goleiro santista foi o grande personagem no primeiro tempo. Após fazer uma grande defesa em chute de Fernández pela direita aos 31 minutos, Rafael falhou ao “perder o tempo” da bola, e viu Obolo aproveitar o cruzamento de Papa e abrir o placar de cabeça. O Santos ainda tentou responder no final da primeira etapa, mas o goleiro argentino fez boa defesa.

Na segunda etapa, o Vélez foi menos ofensivo, e o Santos buscou mais as jogadas de ataque. Muricy Ramalho ainda sacou Alan Kardec para a entrada de Borges. No entanto, o gol quase saiu em bola parada. Elano cobrou escanteio fechado da esquerda, mas o goleiro salvou o gol olímpico.

O Vélez tentava repetir a estratégia de sucesso no primeiro e apostava na bola área na etapa final. Obolo e Sebá aproveitaram cruzamentos na área e deram trabalho a Rafael. O meia Fernández finalizou forte dentro da área e também obrigou o goleiro santista a fazer uma firma defesa.

No final da partida, Cabral finalizou forte de fora da área e Rafael fez uma grande defesa para evitar o segundo gol do Vélez.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Policiais civis prendem suspeito de homicídio ocorrido no último sábado
LEGISLATIVO
Parlamentares devem votar sete propostas na sessão desta quinta-feira
BELA VISTA
Polícia Militar cumpre Mandado de prisão durante policiamento
ECONOMIA
Empresários têm até o dia 30 para renegociar débitos do Fadefe com desconto de até 100% nas multas