sexta, 12 de agosto de 2022
Cassems - Todos - Agosto 2022
ESPORTES

Seleção masculina bate Alemanha de virada na Liga das Nações de vôlei

06 julho 2022 - 10h30Por Agência Brasil

A seleção masculina de vôlei estreou com vitória na terceira e última semana da primeira fase da Liga das Nações, com jogos em Osaka (Japão). Nesta quarta-feira (6), os brasileiros venceram a Alemanha por três sets a um (25/27, 25/17, 25/20 e 25/19), de virada, em duelo pela oitava rodada.

A sexta vitória na competição, sendo a quarta consecutiva, manteve o Brasil na zona de classificação às quartas de final, marcada para os dias 20 a 23 deste mês, em Bolonha (Itália). A seleção comandada por Renan dal Zotto, atual campeã, manteve-se na sexta posição, com 18 pontos. Os oito primeiros avançam de fase.Liga das Nações

"Depois de uma semana de viagem e treino, começamos um pouco devagar na partida, mas o importante é que conseguimos o resultado positivo e os três pontos para dar mais um passo para a classificação para a fase final", disse o ponteiro Yoandy Leal, destaque da partida com 21 pontos, ao site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

O Brasil volta a quadra na quinta-feira (7), às 6h (horário de Brasília), diante do Canadá. Na sexta-feira (8), às 3h40, o compromisso será contra a França. No domingo (10), às 7h10, os brasileiros encerram a primeira fase da Liga encarando os anfitriões japoneses.

"Hoje [quarta] enfrentamos uma equipe de mais força física. Amanhã [quinta], teremos um adversário que erra menos, que cada ponto precisa ser conquistado. Eles jogam com bolas mais rápidas, muito técnico e que vem dando dificuldades para todos as equipes que os enfrentaram", projetou Renan, também em depoimento ao site da CBV.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

Produção de motocicletas tem melhor acumulado para julho desde 2015

SAÚDE

Anvisa analisa cinco pedidos para diagnóstico da varíola dos macacos

ECONOMIA

Conab estima safra de grãos em 271,4 milhões de toneladas em 2021/22

ECONOMIA

Pesquisa indica queda de 2% no abate de frangos no país