Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021

Sem dinheiro, Ubiratan pode ficar fora do Estadual

Sem dinheiro, Ubiratan pode ficar fora do Estadual

11 dezembro 2014 - 09h15Por Dourados News
O Ubiratan pode ficar fora do Campeonato Sul-mato-grossense de Futebol no próximo ano. A afirmação foi dada pelo presidente do clube, Joaquim Soares, na tarde desta quarta-feira (10). O motivo, segundo ele, seria a dificuldade em encontrar recursos para montar a equipe.

“Queremos montar um time para jogar e ganhar, disputar as primeiras colocações, como neste ano, quando após 11 anos sem atuar, chegamos à fase eliminatória do torneio. Mas, sem recursos não dá. Se fosse hoje, estaríamos 100% fora da disputa”, contou ao Dourados News.

No ano passado, o Ubiratan subiu para a Série A do Estadual após ficar afastado do futebol profissional por mais de uma década e em 2014, chegou às oitavas de final da competição e acabou eliminado pelo Cene – atual campeão.

Segundo Soares, o investimento mínimo para se montar o time gira em torno de R$ 100 mil mensais.

“Acredito que hoje, R$ 100 mil é o mínimo para se pagar jogadores, comissão técnica e encargos trabalhistas. Isso sem contar toda a logística de uma equipe de futebol profissional, como viagens, refeição, material”, pontuou o presidente.

Na semana passada, a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) divulgou os jogos da primeira rodada da competição com o duelo local entre Ubiratan e Sete de Dourados.

A partida está agendada para o Douradão, provavelmente para o dia 1º de fevereiro.

“Estamos no aguardo de encontrar um parceiro que possa gerir o futebol do clube, porque não tenho recursos nem aporte para encarar isso sozinho. Caso não consiga, infelizmente teremos que ficar de fora e cuidar da parte social do clube”, finalizou.

Na próxima segunda-feira (15) a federação deve divulgar a tabela detalhada da competição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Novos leitos de UTI são disponibilizados na Capital, em Dourados e Três Lagoas
PONTA PORÃ
Veículo que seguia para Brasília com maconha foi apreendido pelo DOF
SAÚDE
Sancionada lei sobre remessa de patrimônio genético ao exterior
CORONAVÍRUS
MS participa de consórcio para compra de 28 milhões de doses de vacina contra Covid-19