sexta, 23 de fevereiro de 2024

Advogado de MS é co-autor de livro de repercussão no Brasil e no exterior

Advogado de MS é co-autor de livro de repercussão no Brasil e no exterior

14 maio 2012 - 14h30
DouradosAgora


Um total de 11 capítulos escritos por renomados processualistas em âmbito nacional e internacional integra a obra intitulada “Direito Jurisprudencial” (Editora RT, 750 páginas), cujo lançamento vem mobilizando a comunidade jurídica nas principais capitais do País desde o dia 9 de maio. No livro, o Mato Grosso do Sul é representado pelo advogado Luiz Henrique Volpe Camargo, professor da UCDB e mestre pela PUC/SP, autor do capítulo “A força dos precedentes no moderno processo civil brasileiro”.

A solenidade de lançamento ocorreu no dia 9 passado no Rio de Janeiro. No dia 14, evento semelhante vai acontecer em Curitiba e, no dia 15, em São Paulo. Dentre os autores nacionais consagrados destacam-se Teresa Arruda Alvim Wambier – mestre, doutora e livre docente pela PUC/SP e também coordenadora da obra, e José Rogério Cruz e Tucci – Professor titular da USP, dentre outros.

Já os autores internacionais são Neil Andrews, da Cambridge University, na Inglaterra, Eduardo Oteiza, professor da Universidade de La Plata, na Argentina, e Sérgio Chiarloni, professor da Universidade de Turin, na Itália. De acordo com Teresa Alvim, a obra trata da influência da jurisprudência no Direito.

“Esse título já indica que o ponto de vista do observador é a perspectiva do civil law, já que o sistema de common law se caracteriza exatamente pelo fato de que o Direito nasce e é moldado nos Tribunais. Portanto falar-se da influência da jurisprudência na formação do Direito é algo que só se justifica da perspectiva do civil law, já que nesse sistema se entende que o Direito brota predominantemente de atos do Poder Legislativo”, argumentou.

Mais informações pelo telefone 3321-0321

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO

Com 4,1 milhões de matrículas, Brasil avança na meta para creches

ECONOMIA

Arrecadação federal chega a R$ 280,63 bilhões em janeiro

GERAL

Governo regulamenta certificação de comunidades terapêuticas

ECONOMIA

Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda