domingo, 03 de março de 2024

Após prisão de dirigente, PCdoB dissolve direção municipal em Ponta Porã

Após prisão de dirigente, PCdoB dissolve direção municipal em Ponta Porã

02 maio 2012 - 17h55Por Midiamax
Após suspender preventivamente a filiação do presidente do PCdoB de Ponta Porã, Claudio Rodrigues de Souza, a comissão estadual do partido decidiu dissolver, na quarta-feira (02), toda a direção da legenda no município e nomear novos representantes para dirigir a sigla até o final do inquérito.

Claúdio foi preso na última segunda-feira (30) durante a investigação do sumiço de Daniel Alvarez Georges, filho do empresário Fahd Jamil. Claudio Rodrigues também é apontado, segundo rumores que circulam na cidade, como um dos suspeitos de envolvimento com o assassinato do jornalista Paulo Rocaro.

Por meio de nota, a direção do PCdoB de Mato Grosso do Sul se manifestou sobre a prisão do comunista e defendeu a punição do ex-presidente, caso sejam comprovadas as denúncias. A executiva considerou as acusações graves e afirmou que só tomou conhecimento dos fatos através da imprensa.

Além da suspensão preventiva da filiação de Claudio Rodrigues de Souza, o Partido Comunista do Brasil afirmou que a legenda abrirá processo disciplinar contra o ex-presidente municipal da sigla.

De acordo com a nota, os novos dirigentes do PCdoB no município serão nomeados após consulta aos filiados da sigla em Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

PEDRO JUAN

Tiroteio em residência atinge hospital e quatro brasileiros são presos

GESTÃO PÚBLICA

Curso capacitação de responsáveis técnicos do Precoce/MS já está disponível no site da Escolagov

GERAL

Matemática ajuda brasileiro a descobrir possível novo planeta