Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021

MS é considerado principal entrada para drogas no país

MS é considerado principal entrada para drogas no país

10 dezembro 2012 - 13h00
Campograndenews

O balanço de final de ano da PRF (Polícia Rodoviária Federal), fechado ontem (9), aponta que o número de apreensões de maconha e cocaína feitas em 2012, nas rodovias de Mato Grosso do Sul, praticamente dobrou em relação ao mesmo período de 2011.

Foram 3,1 toneladas de cocaína apreendidas neste ano, enquanto em 2011 a PRF apreendeu 1,4 toneladas da droga. Em relação à maconha, em 2012 a polícia apreendeu 34,9 toneladas, enquanto no ano passado o valor total das apreensões somou 23,1 toneladas.

O crack manteve a média, de 149 mil quilos. Apenas a apreensão de haxixe teve diminuição, o número caiu de 73.513 unidades em 2011 para 24.020 unidadades neste ano.

De acordo com a PRF, em 2012, a forma como os entorpecentes eram transportados mudou e esse foi o principal fator para aumentar as apreensões. Quatro grandes quantidades de drogas foram apreendidas em caminhões ou containers, situação que era bem pouco comum nos anos anteriores.

A PRF ressalta que as quatro apreensões representam boa parte do total de entorpecentes localizados. A primeira apreensão foi em fevereiro, no km 600 da BR-262, em Miranda. Foram apreendidos 674 quilos de maconha.

Dois meses depois, em abril, foram localizadas 537,3 quilos de maconha, 480,3 quilos de cocaína e 3 mil esferas de haxixe na BR-163, em Dourados.

Em julho, foram encontradas 3,8 toneladas de maconha na BR-060, em Campuã. A última grande apreensão aconteceu em outubro, no km 600 da BR-262, em Miranda. Foram apreendidos 273,289 quilos de cocaína.

Para a PRF, os números reforçam que Mato Grosso do Sul cada vez mais se firma como porta de entrada de entorpecentes para os grandes centros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Região
PMA de Naviraí surpreende dois caçadores e apreende duas armas e munições escondidas
POLÍTICA
Bolsonaro faz passeio de moto em homenagem ao Dia das Mães
INFRAESTRUTURA
Abertura de novos corredores logísticos dará mais competitividade ao agronegócio de MS
BRASIL
Sinal digital de TV já chega a 90% dos brasileiros