Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021

"Às vezes aparecem uns namorados", diz Marco Nanini a revista

28 outubro 2011 - 15h20
Folha

Capa da revista "Bravo", o ator Marco Nanini, 63, falou à revista que, quando está sem um namorado, não se sente sozinho.

"Às vezes, pintam umas namoradas, uns namorados... Namoradas, não. Namorados... Mas, se não pintam, sem problemas. Já vivi o que necessitava viver nessa seara."

Nanini também falou sobre sua relação com o trabalho e disse que seu envolvimento com os personagens fez com que ele começasse a fumar.

"Em 1984, protagonizei a montagem de Mão na Luva. Um dia, durante os ensaios, o Aderbal Freire-Filho, diretor da peça, sugeriu que meu personagem fumasse. De início, no palco, evitava cigarros e fumava somente cigarrilhas. Mas depois, perdi o controle. Traguei, substituí as cigarrilhas pelo cigarro, chutei o balde. No fim da temporada, já me considerava fumante. Hoje, consumo sete maços por semana, mais ou menos."

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
PM apreende maconha no poder de duas adolescentes
MAIS SOCIAL
Equipes realizam visitas para encontrar beneficiários com perfil do Programa
APARECIDA DO TABOADO
Polícia Militar prende homem por agredir esposa e o próprio pai e por receptar uma bicicleta furtada
POLÍCIA
Barreira policial durante Operação Campo Limpo apreende veículo roubado na Capital