Menu
Busca quinta, 05 de agosto de 2021

Brasil e Paraguai debatem ações contra aftosa

17 outubro 2011 - 17h40
Divulgação (TP)

Alinhar as estratégias de sanidade animal no combate a aftosa no Paraguai e Brasil. Esse é o objetivo da reunião que acontece hoje (17) pela manhã, na sede da Sociedade Rural Paraguaia, em Assunção (Paraguai). Além de autoridades do país vizinho, participam da reunião o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Eduardo Riedel, vice-presidente de Finanças da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Ademar da Silva Junior, coordenador da Câmara Setorial de da Cadeia da Bovinocultura e Bubalinocultura e presidente da Comissão da Pecuária de Corte da Famasul, José Lemos Monteiro, e o presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), Chico Maia.



O combate a aftosa também será pauta da reunião da Câmara Setorial de Bovinocultura e Bubalinocultura que acontece nesta terça (18), na sede da Famasul. Na ocasião, a diretora da Agência de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), Cristina Carrijo, irá apontar as medidas tomadas em Mato Grosso do Sul para impedir que o foco identificado no país vizinho ultrapasse a fronteira brasileira. A reunião terá participação de uma comissão da Sociedade Rural Paraguaia, que irá apresentar as ações adotadas pelo governo daquele País.


O Conselho Nacional da Pecuária de Corte estará presente na reunião com a apresentação do trabalho sobre resíduos na carne, divulgado no Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), na última sexta (14). Também participam do debate a Superintendência Federal de Agricultura (SFA), a Embrapa, a Secretaria Estadual de Produção (Seprotur), além de representantes de frigoríficos do Estado.


A reunião da Câmara Setorial da Bovinocultura e Bubalinocultura será realizada dia 18, às 8 horas, na sede da Famasul, localizada a Rua Marcino dos Santos, 401, bairro Cachoeira II, Campo Grande.


Sobre a Famasul - A Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) é uma das 27 entidades sindicais que integra a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Tem atuação voltada para o desenvolvimento sustentável do agronegócio e representa os interesses dos produtores e dos sindicatos rurais do Estado. Como representante do homem do campo, a Famasul põe seu corpo técnico a serviço da competitividade da agropecuária, da segurança jurídica e da valorização do homem do campo. O produtor rural sustenta a cadeia do agronegócio, respondendo diretamente por 16,6% do PIB sul-mato-grossense e responsável por parcela substancial da produção industrial de Mato Grosso do Sul. Acesse www.famasul.com.br.



Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Policiais militares salvam vítima de sequestro resgatada de veículo em chamas
POLÍCIA
Delegacia da Polícia Civil de Miranda deflagra "Operação Magia Negra"
ORDEM DO DIA
Código para auxílio às vítimas de violência é aprovado em 2ª
SAÚDE
Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina