sexta, 23 de fevereiro de 2024

Caixa é autuada pelo Ministério do Trabalho por abrir agência no sábado

15 maio 2012 - 10h54Por Dourados Agora
Em todo país o Movimento Sindical reagiu à decisão unilateral da direção da Caixa Econômica Federal de abrir parte de suas agências no sábado, 12 de maio. A atuação dos sindicatos visaram garantir mais uma vez o direito dos bancários.

Em Dourados, por exemplo, o sindicato protocolizou pedido de fiscalização junto ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que esteve na agência centro da Caixa neste sábado e, em inspeção comprovou a infringência ao Artigo 224 da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e lavrou auto de infração pela infração.

Além da fiscalização do MTE, o presidente do sindicato, Raul Verão e o vice-presidente, Carlos Longo, estiveram na agência, no sábado pela manhã, debatendo com os empregados a importância de evitar a abertura fora do expediente.

Para o presidente do Sindicato, “Se não tomarmos medidas para coibir daqui a pouco todos os bancos estarão abrindo aos sábados, utilizando-se deste precedente”. Ainda segundo Raul, “O Movimento Sindical apoia as medidas do governo para ampliação do crédito, por entender que elas são muito importantes para o país, mas não abrimos mão de que os direitos dos trabalhadores sejam respeitados”.

Ainda em Dourados, além da abertura da agência, os diretores do sindicato ainda encontraram mais duas situações de irregularidades, a primeira delas, foi à constatação de que a triagem dos clientes na porta da agência estava sendo feita por um vigilante, a segunda, que outros setores da agência, que não apenas o de crédito, como a Caixa havia anunciado, também trabalhavam, com o pretexto de colocar o trabalho em dia.

Outras localidades

Em várias regiões do país, como em São Paulo, Santa Catarina, Sergipe, Rio Grande do Sul, Espírito Santo e Ceará, as entidades sindicais impediram a abertura das agências através de liminares concedidas em ações civis públicas movidas pelos sindicatos contra a arbitrariedade da Caixa.

Demanda

Apesar da grande divulgação feita pelo banco, de acordo com o apurado pelo Sindicato, tanto em Dourados, como no resto do país, foi pequena a procura de clientes às agências da Caixa no sábado. O que mostra que é possível atender a toda a demanda respeitando o expediente bancário e o direito dos trabalhadores ao descanso.

Para Carlos Longo, vice-presidente do Sindicato, “A Caixa e os demais bancos podem e devem atender à nova demanda de crédito durante o expediente bancário (segunda a sexta, das 10h às 16h), contratando mais trabalhadores”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Grupo vai subsidiar políticas de enfrentamento de mortes no trabalho

GERAL

Antropólogos propõem incluir povo indígena em debate sobre bioeconomia

GERAL

Estudo aponta impacto etnorracial no desenvolvimento infantil

GERAL

STF pode agendar audiências para debater revisão da Lei da Anistia