sexta, 23 de fevereiro de 2024

Cheques roubados em mercado paulista são depositados em Ponta Porã

Cheques roubados em mercado paulista são depositados em Ponta Porã

06 maio 2012 - 19h04Por CONESUL NEWS
A maioria dos cheques furtados no Supermercados Pessotto, no bairro Cohab Antônio Brandini em Fernandópolis, município do interior paulista, estão sendo depositados em uma conta corrente em uma agência bancária de Ponta Porã.

De acordo com o site RN, o crime aconteceu no dia 9 de março, quando bandidos, ainda não identificados pelos nomes, cortaram telhas de zinco próximo a central de alarmes e desconectaram os fios que liga o sistema à bateria de alimentação, evitando que o sinal disparasse. Dois deles entraram no escritório e arrombaram cinco cofres que contiam dinheiro e cheque de clientes que efetuaram compras durante a semana.

Ainda segundo o site, eles agiram naturalmente e não se intimidaram com as câmeras de vigilância que filmavam o local. Os rostos foram expostos sem nenhuma preocupação. O dinheiro foi jogado para um terceiro ladrão que continuava no telhado.

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o caso, mas nenhuma informação foi fornecida à imprensa de Fernandópolis. As imagens dos dois bandidos ficaram expostas em rede sociais a esperam de uma denúncia

Dias depois ao crime, via Facebook, a proprietária do local, Cida Pessotto manifestou e comentou sobre o fato ocorrido “O furto que ocorreu em nossa empresa na madrugada da ultima sexta-feira originou uma sequência de estragos incalculáveis, não só financeiros, mas também emocionais. O montante que nos foi furtado era resultado de quatro dias de muito trabalho e esforço, não só de algumas pessoas, mais de todo o conjunto de funcionários da nossa empresa. Uma empresa que gera centenas de empregos diretos e indiretos, e que trabalha para o desenvolvimento da nossa cidade”, diz uma das postagens em uma rede social.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL

Antropólogos propõem incluir povo indígena em debate sobre bioeconomia

GERAL

Estudo aponta impacto etnorracial no desenvolvimento infantil

GERAL

STF pode agendar audiências para debater revisão da Lei da Anistia

INVESTIMENTO

Ministra do Departamento Econômico e Comercial da China vem a MS prospectar negócios