Menu
Busca sábado, 12 de junho de 2021

Clima econômico na América Latina cai em outubro

Clima econômico na América Latina cai em outubro

16 novembro 2011 - 11h46Por Reuters
O clima econômico na América Latina diminuiu em outubro, caindo abaixo de sua média histórica em meio às incertezas sobre a economia mundial, mostrou pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e do instituto alemão Ifo.

A queda do índice foi de 5,6 pontos em julho para 4,4 pontos em outubro. A leitura para o Brasil declinou de 5,8 para 4,8 pontos.

'Reflexo das incertezas do cenário econômico mundial, o índice ficou abaixo da média histórica, sinalizando a entrada da região na fase de declínio do ciclo econômico, após permanecer na fase de boom entre julho de 2010 e julho de 2011', disse a FGV em nota.

O componente de situação atual na região passou de 5,9 para 5,2 pontos. 'Apesar da queda, o nível superior a 5 pontos indica uma avaliação ainda favorável a respeito do momento presente.

O componente de expectativas recuou de 5,3 para 3,5 pontos, sinalizando pessimismo em relação aos próximos meses.

'A tendência de piora do ambiente econômico na América Latina segue o que ocorre em âmbito mundial', disse a FGV. O índice de clima econômico apurado pelo Ifo para 119 países caiu de 5,4 para 4,3 pontos entre julho e outubro.

Para o Brasil, o componente de situação atual recuou em 1 ponto, para 5,8 pontos. O de expectativas declinou também 1 ponto, atingindo 3,7 pontos.

Na América Latina, o índice de clima econômico caiu em outubro no México e em todos os países da América do Sul, exceto no Peru.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UEMS
Com premiação de R$ 10,8 mil, Prêmio Inova UEMS está com inscrições abertas
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 42 milhões
EDUCAÇÃO
Governo do Estado investe R$ 10,4 milhões na revitalização de escolas em Dourados
EDUCAÇÃO
Entidades recomendam ações para fortalecer educação na pandemia