Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021

Começa hoje a Semana Estadual de Prevenção ao Câncer Bucal

Começa hoje a Semana Estadual de Prevenção ao Câncer Bucal

08 novembro 2011 - 15h35
Divulgação (TP)

O CRO-MS (Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul) realiza a partir desta segunda-feira, 7 de novembro, diversas atividades programadas para a Semana Estadual de Prevenção ao Câncer Bucal. As ações também acontecem no interior.



“Previna o Câncer de Boca. Consulte o seu Dentista”. Essas frases vão se tornar comum na rotina da população nesta semana. Vários outdoors espalhados pela cidade irão alertar a população sobre a doença.



Nas ruas centrais e em bairros de Campo Grande e também do interior, funcionários do Conselho orientarão a população com distribuição de folders sobre como fazer o auto-exame e a importância de se prevenir. O objetivo da campanha é evitar que sejam feitas novas vítimas. “Com o tratamento é possível se curar sem que a pessoa fique com seqüelas. Então, queremos chamar a atenção da população para que façam a prevenção”, explica o presidente do Conselho, Francisco Grilo.



A solenidade de abertura da Semana será realizada hoje, às 13 horas, na Câmara Municipal de Campo Grande. Na ocasião, uma especialista no assunto, a estomatologista Ellen Greves, irá palestrar sobre “O diagnóstico precoce para Câncer Bucal”.



Durante a palestra, a Cirurgiã-Dentista apontará alguns sintomas do câncer de boca e quais procedimentos os profissionais devem adotar ao diagnosticar a patologia. De acordo com a especialista, o câncer de boca é o sexto na lista com maior incidência e que se não for tratado pode levar a morte. “O Câncer de boca pode levar a morte. Mas, se diagnosticado e tratado precocemente as chances de sobrevida são grande. Por isso, é importante conscientizar a população”, afirma Ellen Graves.





Semana

Conforme a publicação do Diário Oficial do Estado do dia 9 de junho desse ano, a semana será realizada anualmente em toda segunda semana do mês de novembro. Segundo a Lei, durante a semana serão realizados encontros, debates, campanhas educativas e outras atividades que visem a orientar e prevenir o câncer bucal na população sul-mato-grossense.





Informações extras – INCA (Instituto Nacional do Câncer)

De acordo com as informações do INCA, somente no ano passado 14.120 casos foram diagnosticados, sendo 10.330 homens e 3.790 mulheres.

Em 2008, segundo o INCA, 4.898 homens e 1.316 mulheres morreram de câncer bucal.



Fatores de Risco: Os fatores que podem levar ao câncer de boca são idade superior a 40 anos, vício de fumar cachimbos e cigarros, consumo de álcool, má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal-ajustadas.



Sintomas: O principal sintoma deste tipo de câncer é o aparecimento de feridas na boca que não cicatrizam em uma semana. Outros sintomas são ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores (podendo sangrar ou não) e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal. Dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio avançado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul recebe 62.230 doses de vacinas contra Covid-19
POLÍTICA
CPI: Marcelo Blanco diz que negociava vacinas para setor privado
EDUCAÇÃO
Processo seletivo da UEMS 2022 terá vagas para vestibular, Sisu e Enem
ESPORTES
Olimpíada: em treze dias, Brasil soma 15 medalhas, sendo 4 de ouro