Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021

Comércio de MS teve ligeira reação em agosto, mas está abaixo do País

Comércio de MS teve ligeira reação em agosto, mas está abaixo do País

11 outubro 2011 - 15h50
Campograndenews

As vendas do comércio varejista de Mato Grosso Sul tiveram uma reação em relação aos meses anteiores em agosto, aumentando 4,3%, de acordo com a PMC (Pesquisa Mensal do Comércio), divulgada hoje pelo IBGE.

Em julho, conforme o levantamento, as vendas tinham aumentado 3,8% e em maio 2,5%, em relação ao mesmo período do ano passado. No ano, conforme o IBGE, o comércio de Mato Grosso do Sul acumulou, até agosto, alta de 4,8% nas vendas.

O resultado estadual está abaixo da média nacional. Segundo o IBGE, o acumulado das vendas nos primeiros oitos meses é 7,2% e nos últimos doze meses, 8,2%. Já na comparação com agosto de 2010, as vendas subiram 6,2%, o que representa um crescimento menor, diante do aumento de 7,1% entre junho e julho.

De acordo com o IBGE, dentre as dez atividades pesquisadas, duas foram determinantes para o avanço das vendas no varejo: equipamentos de material de escritório, informática e comunicação (7,3%), além de livros, jornais, revistas e papelaria (16%).

Por outro lado, apresentaram queda nas vendas os setores de veículos e motos (-4,6%), tecidos, vestuário e calçados (-2,8%), além de material de construção (-2%), por exemplo.

A pesquisa também mostra queda de 2,3% no volume do varejo ampliada, taxa formada pelo varejo, mais as atividades de veículos, motos, partes e peças, além de material de construção. O setor, porém, acumula alta de 8,4% no ano e de 9,7% nos últimos 12 meses.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Mulher que aplicava golpe da cautela de joias é presa no centro de Campo Grande
ECONOMIA
PIB recua 1% em agosto, aponta Ibre/FGV
CASSILÂNDIA
Polícia Civil recupera 35 cabeças de gado furtadas de fazenda em Cassilândia
AGENDA
Governo lança campanha de prevenção a crimes sexuais contra crianças e adolescentes