Menu
Busca segunda, 02 de agosto de 2021

Como anda o seu kit de manicure?

Como anda o seu kit de manicure?

11 novembro 2011 - 17h00
Toda Ela


Hoje quero dividir com vocês um alerta feito pela Kelly, manicure que cuida das minhas unhas em todas as semanas. Ela reclamou sobre uma situação que tem acontecido desde que a febre dos esmaltes começou, levando mais mulheres a procurar salões de beleza para manter as mãos e pés em ordem.

O fato é que várias revistas e programas de televisão voltados ao público feminino falaram sobre o perigo de ir a estabelecimentos que não costumam esterilizar alicates, espátulas e outros materiais de metal. Se não forem higienizados corretamente, eles tornam-se poderosos transmissores de micoses e outras doenças, como a hepatite C.

Assim, várias mulheres passaram a investir em seus próprios kits para levar ao salão na hora de fazer a manicure. Até aí, tudo certo.

Mas nem todas investiram em um conjunto novinho e devidamente higienizado para isso. Então, às vezes chegam ao salão alicates enferrujados, mal afiados e até mesmo com pedaços de pele da última sessão de manicure. Manter o kit assim põe em risco a saúde da cliente e da profissional.

Por isso, reflita antes de investir em um conjunto de manicure. Quando você escolhe um salão de confiança (por mais que o serviço custe um pouco mais), ele irá seguir regras rígidas de higienização. Os materiais são lavados com escova, passam por um banho de álcool 70 e ainda vão para a autoclave separados em pacotes exclusivos. Essa é a máquina que aquece os alicates em altas temperaturas, eliminando qualquer bactéria que possa ter sobrado nas duas primeiras etapas.

E é fácil conferir se o estabelecimento segue esse padrão. Nesses casos, em geral, a manicure abre o pacote com o alicate na sua frente e os demais materiais vêm em um kit descartável, tudo muito seguro.

Se o contexto não foi esse, aí sim vale a pena comprar o seu próprio conjunto. Mas é importante mantê-lo sempre em ordem: procure lavá-lo constantemente, tirando resíduos, e eliminar as bactérias com a ajuda do álcool 70.

Afinal, ninguém precisa colocar a saúde em risco para ficar com as unhas bonitas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIGAÇÃO EM SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
ECONOMIA
Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão
Esse é o montante pago em tributos federais, estaduais e municipais
EDUCAÇÃO
Volta às aulas: especialistas explicam em 10 pontos como fazer um retorno mais seguro
ESPORTES
Bronze olímpico nos 50 m livre coroa regularidade de Bruno Fratus