Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021

Conheça a síndrome da visão do computador e saiba como se prevenir

25 agosto 2011 - 13h40
síndrome é o conjunto de problemas relacionados aos olhos e à visão de quem passa horas em frente ao computador diariamente

TV Gaúcha

Hoje em dia, é cada vez mais comum que as pessoas passem muito tempo na frente do computador, seja no trabalho ou nas horas de lazer. Passar horas trabalhando sem trégua em frente à tela e depois chegar em casa e voltar a acessar o email ou as redes sociais pode, no entanto, acarretar problemas de saúde.

Dor de cabeça, rigidez no pescoço, dor nas costas e nos braços são sintomas comuns, mas, talvez, o pior e menos conhecido malefício do uso prolongado do computador seja o dano que ele pode causar à visão. Fadiga ocular, visão embaçada e olho seco são sintomas normalmente ignorados que contribuem para o desenvolvimento da "síndrome da visão de computador" (conhecida em inglês pela sigla CVS - Computer Vision Syndrome). Segundo a American Optometric Association, a síndrome é o conjunto de problemas relacionados aos olhos e à visão de quem passa horas em frente ao computador diariamente.

— Passar horas olhando diretamente para a tela em ambientes com ar-condicionado leva a pessoa a piscar menos e este é o ponto de partida de muitos problemas de saúde ocular. Outros fatores que contribuem para a CVS incluem ainda a necessidade de os olhos se moverem em várias posições, ajustar o foco constantemente e fazer movimentos para dentro e para fora (convergência e divergência) — explica o oftalmologista Renato Neves.

O início da prevenção contra problemas oculares pode ser feita por meio da observação e ajuste das características da tela, como distância, resolução, contraste e brilho. Segundo o especialista, quanto melhor e maior a resolução da tela, melhor para os olhos.

— No caso de documentos em formato reduzido, considere aumentar o tamanho da fonte ou utilizar o recurso do zoom para aumentar as letras. Já o brilho deve ser ajustado em termos intermediários, nem muito nem pouco intenso e o contraste deve oferecer a melhor visualização possível. Também procure bloquear os pop-ups, já que muitos surgem repentinamente na tela com cores intensas que interferem na visão — alerta.

O médico destaca também que a máquina deve ficar a uma distância confortável de modo que a parte superior do monitor esteja ligeiramente abaixo da altura dos olhos que permita que a pessoa realize suas atividades sem "contorcionismos oculares". Além disso, para o uso do computador, os óculos para perto e "meio-perto" são preferíveis em relação aos bifocais

— A pessoa deve manter todo o corpo da forma mais adequada e confortável possível enquanto digita. A dor é um indício de que algo precisa ser alterado. Intervalos para tomar água, café ou conversar com um colega são bem-vindos, já que dão uma folga para os olhos também e fazem com que a pessoa volte a piscar normalmente, numa frequência ideal — recomenda Renato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Anvisa orienta suspensão de vacina da AstraZeneca para grávidas
LEGISLATIVO
Deputado Neno Razuk destina R$40 mil em emendas parlamentares a Instituição Juliano Varela
SAÚDE
Segunda etapa da campanha de vacinação contra gripe começa hoje
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em agosto podem sacar auxílio emergencial