sexta, 23 de fevereiro de 2024

Doenças Respiratórias em Cães, por Thiago Mariani

Doenças Respiratórias em Cães, por Thiago Mariani

03 maio 2012 - 15h50
Douradosnews


É durante o inverno, quando o clima se torna mais seco e frio e quando tendemos a permanecer em ambientes fechados, que a ocorrência de problemas de cunho respiratório é mais acentuada. O mesmo é válido para os animais.

Na clínica de pequenos animais percebe-se um crescente número de casos que traz como queixa principal o surgimento de tosse, a qual varia de seca e improdutiva a tosse intensa e produtiva. Os animais, principalmente os cães, perdem o apetite, se mostram mais apáticos e intolerantes ao exerc ício e quando o fazem, é comum o surgimento da tosse.

As causas para este tipo de ocorrência são amplas e podem envolver diversas estruturas do organismo. Na maioria dos casos a raiz do problema está no trato respiratório e uma rigorosa observação por parte de um médico veterinário é indispensável para avaliar a situação corretamente.

É imperioso que o proprietário evite a administração de medicamentos, sobretudo medicamentos destinados a humanos. Em algumas situações a administração de fármacos de forma descabida colabora para a piora do quadro clínico do pet.

Assim, o indispensável é a busca por atendimento junto ao médico veterinário. Na grande maioria dos casos o atendimento precoce garante uma rápida recuperação com pequena intervenção.

(*) Médico veterinário do Hospital Veterinário da UNIGRAN

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL

Antropólogos propõem incluir povo indígena em debate sobre bioeconomia

GERAL

Estudo aponta impacto etnorracial no desenvolvimento infantil

GERAL

STF pode agendar audiências para debater revisão da Lei da Anistia

INVESTIMENTO

Ministra do Departamento Econômico e Comercial da China vem a MS prospectar negócios