Menu
Busca quarta, 16 de junho de 2021

Estado gerou mais de 6,3 mil novos empregos com carteira assinada em abril

Estado gerou mais de 6,3 mil novos empregos com carteira assinada em abril

18 maio 2012 - 08h22Por Campo Grande News
O número de empregos com carteira assinada aumentou 1,37% em relação ao mês de março. No total, foram gerados 6.315 vagas de emprego.

Os números são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta quinta-feira (17) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. O setor de atividade econômica que mais contribuiu para o resultado positivo no Estado foram os Serviços (2.407 postos) a Indústria de Transformação (+1.619 postos) e a Construção Civil (1.011 postos).

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos quatro primeiros meses de 2012 houve acréscimo de 16.351 postos, o que significa um crescimento de mais 3,6% nesse primeiro quadrimestre. Ainda na série com ajustes, o balanço dos últimos 12 meses revela que Mato Grosso do Sul teve um crescimento de 4,96% no nível de emprego, o que, traduzido em números absolutos representou mais 22.228 postos de trabalho.

Em todo o Brasil, o Caged registrou em abril a criação de 216.974 postos formais. O saldo mensal é o maior de 2012 e, conforme avaliação do MTE, o crescimento do emprego foi verificado em todos os oito setores da economia. No acumulado do ano, há um acréscimo de 702.059 postos de trabalho, ou a expansão de 1,85% no estoque de empregos.

Nos últimos doze meses, o crescimento foi de 4,64%, equivalente à criação de 1.713.410 postos de trabalho. No período de janeiro de 2011 a abril de 2012, foi registrado um saldo de 2.706.201 novos postos de trabalho, o que significa um aumento de 7,54%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTADO
Celulares doados pela Agepen já beneficiam mais de 2 mil alunos
OPERAÇÃO HÓRUS
Quatro veículos foram apreendidos pelo DOF carregados com cigarros contrabandeados do Paraguai
EDUCAÇÃO
Professores receberão capacitação para ensinar educação financeira
AGEPAN
MS é o 1° Estado do Brasil a garantir acesso à movimentação de bilhetes do transporte intermunicipal