domingo, 03 de março de 2024

Falta de doadores impede transplante de coração, diz Central

Falta de doadores impede transplante de coração, diz Central

09 maio 2012 - 10h27Por Campo Grande News
A autorização para realizar transplantes de coração na Santa Casa de Campo Grande veio em janeiro deste ano, porém, até o momento, o hospital ainda não realizou nenhuma operação do tipo. O motivo, segundo a coordenadora da Central de Transplantes, Claire Miozzo, é a falta de doador.

Na época, quando a Santa Casa voltou a ser habilitada para fazer transplantes, 13 pacientes aguardavam na fila de espera para receber um coração. Quando surgiu um doador, o único desde janeiro, apenas três deles tinham o tipo sanguíneo compatível para receber.

Porém, a cirurgia não foi possível por causa do estado de saúde dos pacientes. “Não é simplesmente poder fazer o transplante. Primeiro precisamos de doadores, depois que eles tenham tipo sanguíneo compatível com o do receptor, e este precisa estar bem para passar pela cirurgia”, explica Claire.

A Santa Casa de Campo Grande não realiza transplante de coração desde 2005, e é o único hospital no Estado que pode fazer a cirurgia. Porém, o credenciamento para isso, segundo Claire, estava vencido havia quase dois anos, e foi renovado em dezembro de 2011 pelo Ministério da Saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

PEDRO JUAN

Tiroteio em residência atinge hospital e quatro brasileiros são presos

GESTÃO PÚBLICA

Curso capacitação de responsáveis técnicos do Precoce/MS já está disponível no site da Escolagov

GERAL

Matemática ajuda brasileiro a descobrir possível novo planeta