Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021

Fiscalização: Academia é interditada e quatro são notificadas em Campo Grande

09 novembro 2011 - 20h30
Divulgação (TP)




Uma academia foi interditada e outras quatro notificadas durante fiscalização realizada, nos dias 7 e 8, pelo CREF11/MS-MT (Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região/MS-MT) em parceria com a Vigilância Sanitária, Procon-MS e Decon. O objetivo da ação foi vistoriar os estabelecimentos em que já foram constatadas irregularidades e que não foram sanadas dentro do prazo.

No primeiro dia de fiscalização, em Campo Grande, uma academia foi interditada pelos fiscais da Vigilância Sanitária, pois não tem licença sanitária. O estabelecimento também não tem registro no CREF11/MS-MT.

Segundo o chefe da fiscalização do CREF 11, Miguel Castro, a academia foi fiscalizada em 2006, e constavam as mesmas irregularidades. O proprietário não teria tomado providências. Agora para abrir novamente, precisa se regularizar junto ao Conselho e Vigilância Sanitária.

Conforme o auditor da Vigilância Sanitária, Jefferson Teruya de Souza, o proprietário da academia tem o prazo de 15 dias para iniciar a regularização. Depois desse prazo pode levar advertência e multa no valor de R$ 100 a R$ 15 mil.

Outras quatro academias da Capital ainda foram notificadas por falta de licença para funcionamento. De acordo com o chefe da fiscalização do Conselho, o CREF11 continuará fiscalizando os estabelecimentos em Mato Grosso do Sul. “Vamos fiscalizar ao máximo, pois não podemos permitir que academias e profissionais atuem de forma irregular. Eles lidam diretamente com a saúde da população e é papel do Conselho garantir a segurança da sociedade”, afirma, Miguel Castro.

Em Mato Grosso do Sul, existem 405 academias registradas no Conselho, desse total, 205 estão na Capital.


Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Estudo diz que CoronaVac eleva resposta em pacientes imunossuprimidos
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul recebe 62.230 doses de vacinas contra Covid-19
POLÍTICA
CPI: Marcelo Blanco diz que negociava vacinas para setor privado
EDUCAÇÃO
Processo seletivo da UEMS 2022 terá vagas para vestibular, Sisu e Enem