Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021

Fumo aumenta risco de câncer de pele em mulheres, diz estudo

20 dezembro 2011 - 10h17Por Terra
Se você, mulher, é fumante e ainda procura alguma razão para parar, considere este novo estudo, realizado pela Universidade do Sul da Flórida e publicado no periódico Cancer Causes Control. De acordo com o jornal USA Today, a pesquisa mostrou que existe uma estreita ligação entre o tabaco e o aparecimento do câncer de pele em mulheres.

Entre os dados colhidos, o estudo mostrou que mulheres que fumaram nos últimos vinte anos estavam mais propensas a sofrer de carcinoma espinocelular (um tipo de câncer que acomete as células da camada superior da derme), uma forma de câncer de pele menos agressiva que o melanoma. Entre os homens, essa chance existia, mas em proporções menores.

O estudo contou com cerca de 383 participantes, entre homens e mulheres, todos brancos - grupo que mais apresenta riscos para desenvolver a doença. Embora menos agressivo, o carcinoma espinocelular pode se espalhar para outros órgãos caso não seja tratado adequadamente.

Embora ainda não saibam qual é a ligação, os cientistas ficaram contentes em adicionar mais um estudo ao combate ao fumo no mundo. Os tipos de câncer de pele não-melanoma são os mais comuns nos Estados Unidos, onde cerca de dois milhões de casos são tratados anualmente, de acordo com dados oficiais do governo americano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUIA LOPES DA LAGUNA
PMA prendem e autuam infrator por pescar utilizando petrecho ilegal, onde a pesca é proibida
OUTUBRO ROSA
Com foco na prevenção, Conselho leva mulheres com deficiência para realizar exames
OPERAÇÃO PROLEPSE
PMA autua 128 infratores, aplica 33 milhões em multas e realiza orientação em 740 propriedades
POLÍTICA
Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência