Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
Cerro Alegre Empreendimentos Imobiliários
SEGURANÇA PÚBLICA

Governador firma acordo de cooperação na área de segurança com Embaixada dos Estados Unidos

19 maio 2021 - 14h30Por Portal Governo MS

O governador Reinaldo Azambuja assinou um termo de cooperação técnico com a Embaixada dos Estados Unidos, na área de segurança pública, para troca de informações no serviço de inteligência, banco de dados e até treinamento dos servidores, para qualificar e ampliar o combate a criminalidade.

A solenidade ocorreu na manhã desta quarta-feira (19), no gabinete da Governadoria, com a presença do embaixador dos Estados Unidos, Todd Crawford Chapman. O acordo formalizado já existe na prática e agora será ampliado, com a troca de informações na área de inteligência, que vai subsidiar futuras ações da segurança pública.

“Este termo de acordo na área de segurança é o início de um trabalho conjunto, que já vem acontecendo entre as duas partes e agora se fortalece, porque teremos a oportunidade de treinarmos nossos policiais nos Estados Unidos, tendo esta troca de experiência extremamente saudável”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja.

Ainda ponderou que as parcerias podem se estender para outras áreas, como saúde, educação, economia e desenvolvimento sustentável. “Conversamos com o embaixador e ele quer construir um protocolo de intenções em diferentes setores”, disse.

O embaixador elogiou o trabalho de destaque do Estado na segurança pública. “Fizemos este acordo para troca de informações, com treinamento na área e já conversamos na possibilidade de expandir a parceria, já que Mato Grosso do Sul tem um trabalho forte e destaque no setor e região de fronteira, no combate ao crime organizado”.

Acordo de cooperação

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, ressaltou que esta parceria com o governo americano já existe na prática, mas que agora foi formalizado e terá ampliação, entre elas a troca de informação do banco de dados de ambas as partes, para reforçar as atividades de inteligência.

“Se trata de uma parceria importante de ambos os lados, o Estado vai disponibilizar o seu banco de dados e teremos acesso ao deles no que foi combinado e seja interesse de Mato Grosso do Sul”, explicou Videira.

O embaixador ressaltou que o trabalho na área de segurança precisa ser em equipe. “Sabemos da dificuldade de um estado na área de fronteira, por isso a importância da troca de informações e experiência, aqui é um Estado que tem um trabalho consolidado e eficiente”.

Parcerias

O governador aproveitou a oportunidade para apresentar ao embaixador o programa do “Estado do carbono neutro”, que visa reduzir a emissão de gazes de efeito estufa, dando prioridade a produção com desenvolvimento sustentável. “Aqui é feito com planejamento junto a iniciativa privada”.

Também citou a necessidade do apoio dos Estados Unidos na ampliação da vacinação no Brasil e em Mato Grosso do Sul, assim como a ajuda no envio de insumos para intubação nos hospitais. “Já enviamos uma carta dos governadores pedindo até empréstimos de doses de Astrazeneca”.

Ainda revelou a intenção de participar de atas internacionais para compra de armamentos e equipamentos de segurança junto aos Estados Unidos. “Queremos fazer ação junto com o Ministério da Justiça e também na área de saúde”.

Participaram também da agenda o titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck; o secretário de Segurança, Antônio Carlos Videira; o presidente da Assembleia, Paulo Corrêa; além do presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen e o presidente da Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul), Edison de Araújo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013
MEIO AMBIENTE
Estado já tem 1.688 barragens regularizadas junto ao Imasul, maioria de pequeno porte
POLÍCIA
Homem é preso em flagrante por policiais civis suspeito de tentar estuprar a própria sobrinha
SAÚDE
ANS: cai ocupação de leitos de UTI para atendimento à covid-19