Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021

Governo em MS adota medidas sanitárias após aftosa no Paraguai

Governo em MS adota medidas sanitárias após aftosa no Paraguai

03 janeiro 2012 - 15h16Por G1/MS
O governo de Mato Grosso do Sul já reforçou a vigilância sanitária feita na região de fronteira, logo depois da confirmação de foco de febre aftosa em uma propriedade no departamento de San Pedro, no Paraguai. Entre as medidas, a pulverização dos caminhões e elaboração de rota dos caminhões provenientes daquele país, com controle direto da Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro).

“Nós estamos fazendo o dever de casa”, disse Tereza Cristina. Os produtores da região de fronteira,do Brasil ou Paraguai devem procurar escritório da agência para retirar a Emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA). O foco foi confirmada por notas emitidas pela Secretaria de Pecuária Oficial do Paraguai e da Organização Internacional de Epizootias. Todos os caminhões vão seguir rota traçada previamente pelas autoridades sanitárias de Mato Grosso do Sul.

Em setembro do ano passado, um foco de aftosa foi relatado no mesmo departamento, situação considerada natural pela secretaria, por se tratar de ponto endêmico. Tereza Cristina diz que a preocupação é sempre por conta da proximidade com as áreas de fronteira afetadas. O governo de Mato Grosso do Sul, por meio do Ministério da Agricultura e Pecuária, irá se colocar à disposição do Paraguai para auxiliar nos trabalhos sanitários.

Por enquanto, feiras agropecuárias e eventos como clube de lações estão suspensos nos municípios brasileiros fronteiriços.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASSILÂNDIA
Polícia Civil recupera 35 cabeças de gado furtadas de fazenda em Cassilândia
AGENDA
Governo lança campanha de prevenção a crimes sexuais contra crianças e adolescentes
RIO VERDE
Polícia Civil prende suspeito de atropelamento que resultou na morte de passageira de motocicleta
ECONOMIA
Sistema de compras governamentais é atualizado