Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021

Guarda municipal é preso com revólver calibre 38 em posto de saúde

26 abril 2012 - 19h23Por CG News
O guarda municipal de Campo Grande Valdir Cardoso, 59 anos, foi preso em flagrante na tarde de ontem por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

De acordo com registro policial, o servidor público estava trabalhando armado e aparentando estar embriagado.

Conforme boletim de ocorrência, a diretora adjunta da Unidade Básica de Saúde do bairro Buriti contou a situação de Valdir ao responsável pela Guarda.

Este foi até a unidade de saúde e constatou que o trabalhador exalava odor etílico, estava com os olhos vermelhos e portava um revólver calibre 38 com seis munições intactas.

Valdir apresentou o registro da arma, mas informou que não possui porte. Diante da situação, o guarda municipal foi encaminhado à 6ª Delegacia de Polícia Civil.

O servidor foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Segundo o delegado responsável, Fernando Paciello Júnior, foi arbitrada fiança de R$ 700, que Valdir disse que irá pagar.

Além de Valdir não possuir porte de arma, os guardas municipais de Campo Grande são proibidos de trabalhar com armas de fogo.

A reportagem tentou entrar em contato com a Guarda Municipal, mas, a informação é de que os responsáveis estavam em reunião.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Neno Razuk solicita construção de um Pronto-Socorro no Hospital Regional de Ponta Porã
DIREITOS HUMANOS
Número de crianças vítimas de acidente de trabalho cresceu 30% em 2020
PGE
PGE publica resolução que padroniza compra e venda de imóvel
SAÚDE
Transmissão de doenças respiratórias está elevada em quase todo o país