Menu
Busca sexta, 18 de junho de 2021

Inadimplência com cheques cresce 13,88% em abril

11 maio 2012 - 08h33Por InfoMoney
A inadimplência com cheques cresceu 13,88% em abril, na comparação com o mesmo mês de 2011.

Do valor total de transações realizadas com cheques no quarto mês deste ano, 3,20% eram inadimplentes, enquanto que em abril de 2011 o percentual era de 2,81%, revela pesquisa da Telecheque divulgada nesta quinta-feira (10).

Entre as principais causas da inadimplência com cheques, a que mais se destaca é a falta de fundos, com 77,1%. Em seguida, aparecem os cheques sustados (8,1%), roubados/furtados (3,7%), fraudados (2,1%) e outros (9%).

Regiões

De acordo com o levantamento, na comparação entre abril deste ano e o mesmo mês do ano passado, a região Sul foi a que mais se destacou, com 29,15%.

Em seguida, aparecem as regiões Sudeste (16,92%), Nordeste (14,36%). Já as regiões Centro-Oeste e Norte registraram redução, de 11,76% e 5,35%, nesta ordem.

A Telecheque também revela que o valor médio dos cheques utilizados nas compras subiu 18,15% na comparação entre abril deste ano com o mesmo mês do ano passado, passando de R$ 273,49 para R$ 323,14.

Segundo o levantamento, esse resultado confirma a tendência de alta no tíquete médio das compras feitas com cheque, a qual é influenciada, entre outros fatores, pelo aumento do poder de compra dos brasileiros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Neno Razuk solicita construção de um Pronto-Socorro no Hospital Regional de Ponta Porã
DIREITOS HUMANOS
Número de crianças vítimas de acidente de trabalho cresceu 30% em 2020
PGE
PGE publica resolução que padroniza compra e venda de imóvel
SAÚDE
Transmissão de doenças respiratórias está elevada em quase todo o país