Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

José Aêdo Camilo assume cargo de procurador geral de contas

José Aêdo Camilo assume cargo de procurador geral de contas e ressalta realização do concurso público

06 dezembro 2012 - 17h20
Divulgação (TP)


O procurador de contas José Aêdo Camilo tomou posse nesta quarta-feira (05/12), no cargo de procurador geral de contas do Ministério Público de Contas de Mato Grosso do Sul (MPC/MS) para o biênio 2013/2014 em sessão especial realizada no plenário do TCE/MS, Conselheira Celina Martins Jallad. Estiveram presentes na solenidade, autoridades, políticos, gestores públicos e servidores da Corte da Contas.

O procurador geral adjunto do MPC/MS, João Antônio de Oliveira Martins Junior procedeu as formalidades de posse e em seguida foi concedido termo para assinatura. Também tomaram posse o conselheiro Cícero Antônio de Souza como presidente do TCE/MS para biênio 2013/2014, no cargo de vice-presidente assumiu o conselheiro José Ancelmo dos Santos e no cargo de corregedor, o conselheiro Ronaldo Chadid.

O procurador geral de contas José Aêdo Camilo, fez questão de acentuar o extraordinário papel que a Corte de Contas vem desenvolvendo no Estado. “Dessa maneira o TCE/MS contribui para a expansão dos eixos da cidadania e da crença de que a sociedade Sul-mato-grossense conta com meios atuantes de defesa e conservação dos recursos públicos”, enfatizou José Aêdo.

Durante o discurso, o procurador geral de contas falou sobre a necessidade de aumentar o quadro de pessoal do MPC/MS que são sete procuradores e atualmente conta com três. “Para atender as necessidades atuais de eficiência e celeridade no trato dos temas de interesse público, devemos implementar em breve um quadro de pessoal adequado às suas funções constitucionais e temos a certeza que contaremos com o apoio dos ilustres conselheiros, do Poder Executivo e da Assembleia Legislativa”.

Por fim, José Aêdo agradeceu aos poderes constituídos e a todos, “obrigado a todos que auxiliam diretamente ou indiretamente o MPC/MS no seu dever constitucional de promover a defesa da ordem jurídica e renovo o nosso compromisso e a firme disposição do MPC de contribuir para a solução das questões de interesse do povo do nosso Estado”.

Por: Bruna Galina MTE/MS 1132

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Polícia Militar prende homem por comércio e porte ilegal de arma de fogo
BRASIL
Marinha: três navios são suspeitos por manchas de óleo no NE em 2019
EDUCAÇÃO
Sábado é o último dia para matrícula para aprovados da UEMS da 4ª convocação
SAÚDE
Fiocruz: pandemia de covid-19 faz vítimas cada vez mais jovens