Menu
Busca domingo, 20 de junho de 2021

Jovem de 17 anos aparece após sumiço e registra B.O contra a mãe

04 maio 2012 - 15h20
Regiaonews


Gabriela de Oliveira Andrade, de 17 anos, dada como desaparecida desde a última sexta-feira (27), resolveu aparecer na casa da mãe por volta das 15h50min da tarde desta quinta-feira no Bairro São Bento. Segundo informações, ela chegou, pegou uma bicicleta de uma funcionária que trabalha na casa e saiu dizendo que iria à Delegacia de Polícia Civil, registrar queixa contra sua mãe, Claudia Oliveira.

A menor alegou em depoimento que Claudia a teria a expulsado de casa, informação negada pela mãe que diz desconhecer as razões pelas quais a filha saiu de casa e ficou 6 dias em paradeiro incerto. “Sou professora, minha vida é corrida e jamais mandei minha filha embora de casa. Não sei o porquê ela esta agindo desta forma comigo”, disse Claudia na porta da Delegacia.

Após tomar depoimento da menor, a Delegada da DEPOL de Sidrolândia, Drª Debora Mazzola, chamou Claudia e a mandou que assinasse um documento tomando ciência das declarações da filha. Diante do exposto a mesma se recusou a assinar o documento e chamou o advogado Dr. David Moura de Olindo para orienta-la.

O CASO

Claudia Oliveira, mãe de Gabriela de Oliveira Andrade, de 17 anos, encaminhou a redação do Região News, nota informando do desaparecimento da filha que desde o último dia 27 de abril, quando saiu de casa, não mais retornou. Segundo a mãe, até o presente momento, não há informações do paradeiro da filha.

Ela conta que Gabriela saiu de casa por volta das 16 horas da última sexta-feira tomando rumo ignorado. A mãe não relatou os motivos que levaram a menor a tomar tal atitude.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Saúde distribui mais 7,6 milhões de doses da vacina da AstraZeneca
AÇÃO DE GOVERNO
Distribuição de cobertores para famílias carentes coincide com chegada do inverno
SAÚDE
Queiroga: Programa de Imunização é esperança de por fim à pandemia
TRÊS LAGOAS
Homem é morto a facadas após briga em rua de município de MS
Vítima foi socorrida por moradores, mas não resistiu