domingo, 25 de fevereiro de 2024

Jovem desaparecida liga para polícia e afirma que não vai voltar para casa

Jovem desaparecida liga para polícia e afirma que não vai voltar para casa

22 maio 2012 - 16h20
Midiamax


Após a reportagem veiculada pelo jornal eletrônico Midiamax, sobre o desaparecimento de Luciana Brito Gomes, 24 anos, a vítima efetuou uma ligação ao Pelotão Aero Rancho e deu notícias. Ela conversou com o sub-tenente Antônio e disse que estaria bem, mas que não voltaria para casa, a não ser para buscar os seus pertences.

“A jovem disse que sofria agressões do marido e que inclusive estava com marcas de agressão pelo corpo. Ela disse ainda que só aceitaria conversar com ele por telefone e que se considera separada do marido”, afirma a soldado Adriana, do Pelotão Aero Rancho.

Já o marido disse que Luciana falou, por telefone, que estava com ferimentos porque pulou o muro da vizinha e que depois foi encaminhada a Casa de Apoio as Mulheres, após ser encontrada pela polícia. “Disse a ela que conversaríamos depois sobre a nossa situação e agora aguardo ela retornar para casa, mas estou aliviado de ter notícias”, afirma o marido.

Desaparecimento

Luciana foi dada como desaparecida na noite de sexta-feira (18), por volta das 19h. Segundo o marido, ela saiu de casa dizendo que iria conversar com a vizinha e voltaria em instantes, mas não retornou para casa.

“Ela saiu de casa sem o celular, documentos e nem um par de roupa. Os familiares de Sidrolândia e Nova Alvorada do Sul já entraram em contato e disseram que ela nem passou por lá. Estou desesperado e não consigo nem trabalhar mais”, disse o marido em entrevista ao Jornal Midiamax, na manhã desta segunda-feira (21).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE

Colisão entre carro e carreta mata casal na BR-163

JARDIM TROPICAL

Jovem fica ferida após ter moto atingida por caminhão na Weimar

ECONOMIA

Saiba como o FGTS Futuro contribuirá para compra da casa própria

DOURADINA

Corpo de idoso é encontrado em decomposição