Menu
Busca segunda, 02 de agosto de 2021

Jovem é processado por tentativa de assassinato de Obama nos EUA

Jovem é processado por tentativa de assassinato de Obama nos EUA

17 novembro 2011 - 20h00Por AFP
Um homem de 21 anos foi processado nesta quinta-feira (21) nos Estados Unidos por tentativa de assassinato contra o presidente Barack Obama, após tiros terem sido disparados contra a Casa Branca na semana passada.

O presidente não estava no local na hora dos tiros.

Oscar Ortega-Hernández, de Idaho, compareceu em um tribunal em Pittsburgh, um dia após ter sido preso em um hotel perto de Indiana, no estado da Pensilvânia, segundo o Serviço Secreto.

Ninguém ficou ferido no tiroteio, na noite de sexta.

O Serviço Secreto disse que uma bala quebrou uma janela da Casa Branca, mas parou no vidro blindado. Outra bala ficou na parede externa.

Dois carros foram vistos fugindo do local. Um foi achado abandonado, ali perto, com um rifle semiautomático.

Ortega-Hernández foi processado por tentativa de assassinato do presidente, segundo o procurador assistente James Kitchen. Ele vai ser levado a Washington, sob custódia.

Se for condenado, Ortega-Hernández pode pegar até prisão perpétua.

De acordo com o FBI, uma testemunha interrogada em Idaho que disse conhecer Ortega-Hernández "bem" disse que ele havia se tornado muito agitado contra o governo.

A testemunha afirmou às autoridades que ele 'queria ferir" o presidente Obama e que se referiu a ele como "o anti-Cristo", segundo o depoimento.

Outra testemunha interrogada em Idaho disse às autoridades que Ortega-Hernández "oi muito específico que o presidente Obama era o problema do governo" e que ele era "o diabo", segundo documentos judiciais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIGAÇÃO EM SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
ECONOMIA
Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão
Esse é o montante pago em tributos federais, estaduais e municipais
EDUCAÇÃO
Volta às aulas: especialistas explicam em 10 pontos como fazer um retorno mais seguro
ESPORTES
Bronze olímpico nos 50 m livre coroa regularidade de Bruno Fratus