Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021

Justiça reduz pensão dos filhos de Zé Elias de R$ 25 mil para um salário mínimo

04 agosto 2011 - 07h12Por R7
O ex-jogador de futebol Zé Elias conseguiu reduzir na Justiça o valor da pensão alimentícia para os seus filhos. Por falta de pagamento, ele está preso desde o dia 21 de julho na carceragem do 33º Distrito Policial, em Pirituba, na zona norte de São Paulo.

O valor, que era estipulado em R$ 25.000 para cada um dos filhos, caiu para um salário mínimo. A informação foi confirmada pela defesa do jogador.

A advogada do ex-jogador, Gislaine Ferreira, afirmou que estuda uma maneira de tirá-lo da prisão.

- Estou analisando o pedido de habeas corpus feito anteriormente e, até o fim do dia, vou ter uma definição de como está o julgamento do mérito.

Segundo a Polícia Civil, ele deve aproximadamente R$ 1 milhão. O valor é referente às mensalidades de maio de 2008 a maio de 2010.

A lei prevê que, caso não pague a pensão, ele pode ficar até 30 dias preso. No 33º DP, ele divide cela com outros sete detentos e tem uma televisão.


De acordo com a Justiça, 250 pessoas vão para cadeia no Brasil, diariamente, por não pagar pensão. Só em São Paulo, há 170 detidos em três delegacias por esse motivo.

Zé Elias tem 34 anos e foi ídolo do Corinthians na década de 90. Além da camisa corintiana, ele defendeu clubes como Santos, Inter de Milão, Olympiakos e Bayer Leverkusen. O ex-jogador, aposentado em 2009, chegou a ser convocado para a seleção brasileira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Covid-19: taxa de contágio tem leve queda, mas MS registra 20 mortes
SOS-SAÚDE
Polícia Federal deflagra Operação no combate ao desvio de recursos públicos
ORDEM DO DIA
Pessoas com deficiência podem obter gratuidade em eventos esportivos
TURISMO
Inscrições para o Incentiva+MS Turismo terminam neste fim de semana