Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021

Leia a Coluna Roberto Costa

Leia a Coluna Roberto Costa

28 setembro 2013 - 08h00
Divulgação (TP)

Ideia luminosa – A venda de arma de brinquedo está terminantemente proibida no Distrito Federal. Porque é que não se proíbe a fabricação e venda de arma de fogo em todo o território nacional em defesa da vida?



Univida – Se você tem uma família pequena é barato, começa assim o anúncio da Unimed com a finalidade de atrair novos associados ao plano de saúde. Mas se a família é grande... É melhor bater a porta do SUS – Sistema Único de Saúde.



Expectativa – As principais lideranças do Partido dos Trabalhadores aguardam ansiosamente pelo resultado de uma pesquisa de opinião pública que irá apontar qual é a aceitação do nome do senador Delcídio do Amaral à sucessão estadual em 2014.



Lobinho – O ex-prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, até parece maratonista. Ele, por conta da indicação de seu nome à sucessão do governador André Puccinelli, está andando mais do que notícia ruim.



Efeito ditadura – O PSOL protocolou na terça-feira (24) representação contra o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), por quebra de decoro parlamentar, por ter agredido fisicamente o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).



Transparência I – Vai a plenário na próxima terça-feira (1º de outubro), a votação do Projeto de Lei que propõe a criação do Portal da Transparência da Casa Popular em Campo Grande.



Transparência II - O autor, vereador Zeca do PT, explica que o projeto despertou a atenção de muitas lideranças populares. Acrescenta que a medida objetiva tornar público os critérios de distribuição dos imóveis.



Pergunta: - Era assim que funcionava a Agência Estadual de Habitação (Agehab) quando José Orcírio Miranda dos Santos, ou melhor, Zeca do PT, administrou o Estado de Mato Grosso do Sul por oito anos?



É manso – Se o leão (Imposto de Renda) fosse voraz, o contribuinte não teria deixado de recolher o equivalente a R$ 300 bilhões somente em 2013, conforme estimativa do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (Sinprofaz).



Grito silencioso – O que antes você tinha por hábito por comprar por dúzia agora é vendido somente por quilo e, o que ainda pior, o quilo agora pesa 800 ou 700 gramas e ninguém ouve a voz do consumidor.



Burocracia – É muito mais fácil você contratar um financiamento junto à Caixa Econômica Federal e transformar o sonho da casa própria em realidade, que alugar um imóvel em Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÃO DE GOVERNO
Novas leis estaduais promovem educação e bem estar econômico-social em MS
POLÍCIA
PM atende ocorrências de violência doméstica na madrugada e prende cinco pessoas
TURISMO
Termina na quarta-feira pesquisa da Agepan e Fundtur para projeto de melhoria do transporte turístic
EDUCAÇÃO
Termina as 23h59 deste domingo (26) o prazo para participantes isentos que não compareceram ao Exame