quinta, 29 de fevereiro de 2024

Médicos protestam amanhã contra planos de saúde

Médicos protestam amanhã contra planos de saúde

24 abril 2012 - 09h29Por Assessoria
Pagamento de baixos honorários e fim da interferência antiética na relação entre profissionais e seus pacientes, por esses motivos os médicos realizam um protesto na quarta-feira (25), com o tema “O Dia Nacional de Advertência aos Planos de Saúde”.

A classe reivindica que a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) seja adotada como critério mínimo de remuneração. De acordo com CRM-MS (Conselho Regional de Medicina), Sinmed/MS (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul) e Amms (Associação Médica de Mato Grosso do Sul) muitos planos de saúde alegam pagar a CBHPM, mas com valores tanto de consultas como de procedimentos de edições anteriores.

A postura dos planos de saúde acarreta prejuízos para os médicos e principalmente para a população um caso recente em Campo Grande foi o anúncio do fechamento da pediatria no ProntoMed setor da Santa Casa que atende planos de saúde, após acordo, os pediatras voltaram a realizar plantões , já que é o único local que atende média e alta complexidade.

Segundo o CRM/MS a categoria exige data base anual para reajuste e quando não houver negociação, que o reajuste seja o mesmo determinado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para os usuários dos planos de saúde.

Esta é a terceira mobilização feita pelos médicos, as outras duas foram realizadas no ano passado, nos meses de abril e setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS

Projeto garante a participação de mães e grávidas em concursos de beleza

POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Projeto prevê abatimento no Fies para graduados em Direito que atuarem em Defensorias Públicas

ECONOMIA

Campos Neto defende estabilidade monetária para combater a pobreza

SAÚDE

Sessão solene na Câmara marca o Dia Mundial das Doenças Raras