domingo, 25 de fevereiro de 2024

Medo do calote derruba venda de carros e motos

22 maio 2012 - 08h32Por Correio do Estado
Os altos índices de inadimplência do consumidor já começaram a afetar de forma visível os setores da economia. Em Mato Grosso do Sul, a venda de veículos, em abril, recuou 20,5% frente à março e, 17% em relação ao mesmo período de 2011 – puxado principalmente pelo o segmento motos, que apresentou decréscimo de 23% nas comercializações no ano, e de, 29,6% nos últimos dois meses, saindo de 2.890 para 2.034 unidades vendidas, conforme dados da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

“O percentual de aprovação de financiamentos dos bancos caiu muito nos últimos meses, por isso a redução expressiva. E, com essas quedas nas taxas de juros, anunciadas pelo governo, a tendência é de mais rigor nessa avalação do crédito, já que os riscos para a instituição finananceira aumentam”, explica o proprietário da Covel Motos, Tomas Karl Boos.

Segundo ele, os financiamentos na empresa representam 55% das vendas. Nos últimos meses, as aprovações por parte dos bancos recuaram de 25% para 8% das propostas. “Nosso Estado tem um dos maiores índices de inadimplência na venda de veículos no País, enquanto a média nacional está em torno de 4% a 5%, nós estamos entre 8% e 9%. E isso pesa muito na hora de aprovar um financiamento aqui”, pondera Boos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE

Colisão entre carro e carreta mata casal na BR-163

JARDIM TROPICAL

Jovem fica ferida após ter moto atingida por caminhão na Weimar

ECONOMIA

Saiba como o FGTS Futuro contribuirá para compra da casa própria

DOURADINA

Corpo de idoso é encontrado em decomposição