Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021

Mega-Sena cumula novamente e pode pagar R$21,5 milhões neste sábado

Mega-Sena cumula novamente e pode pagar R$21,5 milhões neste sábado

28 janeiro 2012 - 07h33
Douradosnews

Após três concursos sem ganhador na faixa principal, a Mega-Sena pode pagar neste sábado um prêmio de R$ 21,5 milhões. O concurso 1.358 da modalidade será realizado no Caminhão da Sorte da CAIXA, que esta semana está estacionado na Praça das Bandeiras, em Santos (SP).

O valor estimado do prêmio para quem acertar na Mega-Sena é suficiente para comprar 860 carros populares. Mas se o apostador quiser investir, aplicando o prêmio na Poupança da CAIXA, pode receber mensalmente cerca de R$ 135 mil de rendimento. Outra possibilidade é comprar 11 modelos da nova Ferrari 458 Spyder, que chegará ao mercado brasileiro em março deste ano pelo preço médio de R$1,8 milhão.

A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 2 e pode ser efetuada até as 19h de sábado (horário de Brasília), em qualquer uma das 11.270 lotéricas do país.

O cliente da CAIXA conta ainda com uma facilidade a mais na hora de apostar na Mega-Sena. Basta, para isso, ser maior de 18 anos, possuir uma conta Pessoa Física no banco, com acesso ao Internet Banking CAIXA (IBC), para fazer sua aposta sem sair de casa. Outra facilidade oferecida pelas Loterias é a Surpresinha, na qual o apostador pode deixar que o sistema escolha os números ou ainda concorrer com o mesmo jogo por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha).

Loterias acumuladas:

Outras duas modalidades das Loterias da CAIXA continuam com os prêmios acumulados e com sorteio previsto também para este sábado. A Lotomania, acumulada há seis concursos, tem previsão de prêmio de R$ 5,2 milhões. Já o concurso 284 da Timemania, que também está sem ganhador na faixa principal, pode pagar R$ 2,6 milhões. As apostas também estão abertas até uma hora antes do sorteio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Andarilho morre ao ser atropelado por motociclista na BR-163
TEMPO
Chuva volta de forma isolada nesta terça; tempo firme e calor predominam
ECONOMIA
Falta de material e custos impactam a indústria da construção
ECONOMIA
Cai tempo médio para abertura de empresas no país
Prazo era de 5 dias e 9 horas em 2019 e hoje está em 47 horas