terça, 27 de fevereiro de 2024

Morre ator enforcado por acidente na Sexta-Feira Santa

Morre ator enforcado por acidente na Sexta-Feira Santa

23 abril 2012 - 09h04Por G1
O corpo do ator Tiago Klimeck, de 27 anos, foi enviado para o Instituto Médico Legal de Itapeva (SP), onde será feito o exame de necropsia para apontar as causas da morte. De acordo com o IML, o laudo poderá ser divulgado ainda hoje (23).

Após os exames, o corpo será liberado para a família. O velório será em Itararé (SP), onde moram os parentes do rapaz.

Tiago morreu por volta das 17h15 de ontem (22). Ele sofreu enforcamento acidental há duas semanas em Itararé. Nesse período, o rapaz ficou internado na Unidade de Tratamento Intensivo da Santa de Itapeva em coma profundo.

Na última quinta-feira (19), o paciente havia sido submetido a um eletroencefalograma, que mostrou atividade cerebral. “Foi constatado que alguma parte está funcionando. Ainda não se sabe o quê, mas está funcionando alguma coisa lá dentro”, afirmou Leandro Bueno, cunhado do ator, na quinta-feira (19). Tiago deveria passar por um exame mais aprofundado nesta segunda-feira (23), mas não houve tempo.

O enforcamento

O acidente ocorreu na Sexta-Feira Santa, no dia 6 de abril. Tiago representava o papel de Judas Iscariotes. Durante a peça, o ator devia subir em uma pedra do cenário com uma corda colocada em volta do pescoço para, em seguida, simular o enforcamento do personagem, conforme relata a história bíblica. Nesta cena, Tiago sofreu o sufocamento. O jovem ficou aproximadamente quatro minutos desacordado até que alguém percebeu que ele estava realmente enforcado.

Investigações

O figurino e o equipamento de segurança usados pelo ator serão enviados ao Instituto de Criminalística de Sorocaba (SP). Segundo o delegado José Victor Bacetti, três peritos ficarão encarregados das análises. O objetivo da perícia é identificar o que provocou o enforcamento.

Na terça-feira (17), uma médica legista esteve na Santa Casa de Itapeva (SP), onde o rapaz estava internado. Ela identificou que o hematoma no pescoço da vítima era compatível com o cordão do figurino usado durante a encenação na Paixão de Cristo. O laudo oficial sobre o ferimento ainda não foi entregue, mas as informações passadas informalmente pela médica reforçam uma das hipóteses trabalhadas pela polícia.

Em entrevista o delegado Bacetti afirmou que os apontamentos sobre o acidente indicam que o enforcamento não está relacionado com a cadeira de segurança que foi emprestada ao grupo teatral pelo Corpo de Bombeiros. “Aparentemente foi um fio da capa que Tiago usou em cima do equipamento que o enforcou”, destaca o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

País tem quase 20 mil novos diagnósticos de câncer de pênis em 9 anos

CONSUMIDOR

Projeto proíbe comprar imóveis, carros e obras de arte com dinheiro vivo

SAÚDE

Brasil já registra metade dos casos de dengue contabilizados em 2023

GESTÃO PÚBLICA

Titular da pasta de parcerias estratégicas de MS recebe prêmio nacional de infraestrutura na B3