Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021

Número de brasileiros que quitaram dívidas nos primeiros dez meses do ano bate recorde

Número de brasileiros que quitaram dívidas nos primeiros dez meses do ano bate recorde

29 novembro 2012 - 15h20
Agência Brasil

O número de brasileiros que procuraram os credores para quitar as dívidas bateu recorde no período de janeiro a outubro deste ano, informou hoje (29) a Serasa Experian. No período, 16 milhões de consumidores renegociaram o pagamento de contas atrasadas e limparam o nome.

O resultado é recorde e representa um aumento de 16,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a Serasa Experian, o número de pessoas que entraram na base de inadimplentes (21,5 milhões) cresceu 9,5% no período.

Na avaliação dos economistas da Serasa Experian, a notícia é ótima uma vez que, cada consumidor inadimplente tem, em média, cerca de cinco dívidas em atraso e deve quitar todas as pendências para sair da lista de devedores.

A empresa avalia que o bom momento vivido pelo mercado de trabalho no país, com as taxas de desemprego em patamares baixos e ganhos salariais acima da inflação, tem motivado as pessoas a quitar as dívidas e dá dicas para ajudar na renegociação.

O primeiro passo, explica a empresa, é procurar o credor e utilizar o décimo terceiro salário para organizar as finanças. Antes de renegociar, é preciso fazer as contas e levar anotada uma proposta dentro do orçamento. Jamais recorrer ao cheque especial ou a empréstimos com taxas muito altas, pois existem opções mais baratas, como o crédito consignado, por exemplo.

Na hora de renegociar, levar as contas em atraso, cartas de cobrança e outros documentos que possam ajudar na negociação. Avaliar com calma as reais condições financeiras para pagar as dívidas: se precisa de prazo, de desconto, ou das duas coisas.

Falar abertamente com o atendente que irá avaliar a situação do devedor, deixando claro os motivos que fizeram a pessoa deixar de pagar as contas. Ouvir a proposta que o atendente irá apresentar e, caso não seja acessível, procurar apresentar uma sugestão mais próxima das condições do devedor.

Ao fechar a renegociação, lembrar sempre de pegar o comprovante que formaliza o acordo sobre o pagamento da dívida. Não cair no golpe de supostas empresas que dizem realizar recuperação de crédito de maneiras milagrosas.

De acordo com a Serasa, as únicas formas de regularizar uma dívida são efetuando o pagamento ou fazendo um acordo formal com a empresa credora. A empresa também lembra que o devedor pode renegociar a dívida sem a ajuda de terceiros.

Para consultar a existência de pendências, o consumidor pode recorrer ao serviço de atendimento da Serasa Experian nas agências localizadas em todas as capitais e principais cidades do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS