quarta, 28 de fevereiro de 2024

Boa notícia para as baixinhas: elas podem ter mais orgasmos

Boa notícia para as baixinhas: elas podem ter mais orgasmos

11 maio 2012 - 16h50
Toda Ela


As mulheres baixinhas podem sofrer algumas desvantagens em relação às mais altas, mas em compensação, elas são mais propensas a ter um orgasmo. Essa foi a conclusão de uma pesquisa realizada em 2010 e publicada no periódico do National Center for Biotechnology Information. Ela comprovou que quanto menor a distância entre o clitóris e o canal vaginal, maior a probabilidade de chegar ao clímax.

A desconfiança de que as baixinhas têm mais vantagens na cama não é recente. Em 1924, a pesquisadora Marie Bonaparte desenvolveu um estudo na área, que serviu de inspiração para outro levantamento posterior, feito em 1940. As descobertas de ambos serviram como fonte de dados para a pesquisa publicada da NCBI, que reafirmou a conclusão de que, como a distância entre o clitóris e o canal vaginal é menor entre aquelas com baixa estatura, logo, elas terão mais orgasmos.

O estudo descobriu também qual a distância entre os dois pontos que favorece a chegada ao clímax: ela não deve ultrapassar a largura do próprio dedão. Para quem prefere medidas não tão específicas, conferir a altura também é um bom indicativo, sendo que as mais altas, infelizmente, estarão em desvantagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS

Projeto garante a participação de mães e grávidas em concursos de beleza

POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Projeto prevê abatimento no Fies para graduados em Direito que atuarem em Defensorias Públicas

ECONOMIA

Campos Neto defende estabilidade monetária para combater a pobreza

SAÚDE

Sessão solene na Câmara marca o Dia Mundial das Doenças Raras